A Alphabet, empresa mãe do Google, anunciou ótimos resultados deste último trimestre calando os críticos de Wall Street. A conquista se deu muito por conta do crescimento de uma métrica que vinha apresentando quedas constantes. O custo por clique, indicador fundamental para medir o preço dos anúncios dentro da plataforma da gigante da internet, apresentou alta de 1% em todos trimestres deste ano. Pelo menos até agora.

Mesmo que ainda apresente queda em relação aos números do ano passado – desta vez de 18% –, este pequeno passo é visto como um sinal extremamente positivo para a holding. Isso porque a empresa está percebendo que sua fonte de renda com anúncios não está sendo afetada pelo surgimento de outras janelas de mercado e pela migração do usuário para o universo mobile.

O resultado tem tanto significado que afetou diretamente no valor das ações da Alphabet em Wall Street há algumas semanas. Após o anúncio, os papéis da companhia passaram dos US$ 1.000 cada. Vale lembrar que, somente neste ano, as ações da Alphabet cresceram nada menos que 29%.

Caso mantenha esse crescimento, a companhia abre uma possibilidade de cenário positiva para os anos seguintes. No último trimestre, os custos de aquisição de tráfego do Google responderam por 23% da receita de publicidade da empresa – outro recorde, diga-se de passagem.

"Esperamos que o TAC (Traffic Acquisition Cost) aumente como uma porcentagem da receita do site, pois continuamos focados no crescimento do lucro em dólares, e essas áreas são aditivas ao crescimento", explicou a CFO Ruth Porat durante o anúncio dos resultados.

--

Este texto foi publicado primeiro no The BRIEF. Se você quiser conferir a matéria original e ficar por dentro de tudo do mercado de tecnologia (serious business!), é só clicar aqui!

Cupons de desconto TecMundo: