Regina Dugan, ex-chefe de tecnologia da Google, ex-diretora da DARPA – a Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa dos Estados Unidos – e atual chefe do laboratório de hardware do Facebook chamado Building 8, anunciou hoje que deve deixar a empresa no começo de 2018 para se focar “na construção e liderança de um novo empreendimento”.

Dugan havia assumido esse posto no Facebook há apenas um ano e meio e publicou sua decisão por meio de seu perfil na rede social. A executiva afirmou: “Esta foi uma decisão difícil para mim. Juntos, já fizemos muitos bons trabalhos. E há muitas pessoas das quais sentirei falta, pessoalmente e profissionalmente”.

Inspiração de peso

Dugan contou que vai estar 'trabalhando com lideranças nos próximos meses para garantir que o Building 8 faça uma transição suave para 2018'

Segundo ela, o que a inspirou a tomar a decisão de fazer essa mudança foram palavras do ex-presidente dos Estados Unidos John Kennedy: “O mundo é muito diferente agora. Unidos, há pouco que não podemos fazer... divididos, há pouco que podemos fazer. Comecemos de novo – lembrando em ambos os lados que civilidade não é sinal de fraqueza. E se a cooperação pode repelir as suspeitas, que ambos os lados se juntem para criar um novo empreendimento, onde os fortes são justos e os fracos seguros. Isso não será concluído nos primeiros cem dias, nem será concluído nos primeiros mil dias, nem mesmo em toda nossa vida. Mas vamos começar”.

Não está claro quem pode assumir o papel de Dugan como chefe do Building 8. O Facebook recentemente promoveu Andrew Bosworth como responsável por todos os projetos de hardware da empresa, o que também inclui os hardwares da Oculus, não apenas do Building 8. Segundo a postagem de Dugan, ela contou que vai estar “trabalhando com lideranças nos próximos meses para garantir que o Building 8 faça uma transição suave para 2018”.

Cupons de desconto TecMundo: