Google investe na Neverware, que transforma CPUs antigos em Chromebooks

1 min de leitura
Imagem de: Google investe na Neverware, que transforma CPUs antigos em Chromebooks
Fonte: Pixabay
Avatar do autor

"O que fazer com os PCs e Macs antigos? Não tem mesmo jeito, a única solução é jogar fora?" A startup nova-iorquina Neverware mirou em grandes grupos de nichos obsoletos — como hospitais ou escolas cheios de máquinas velhas — e ofereceu a solução para essas questões: o CloudReady, um sistema operacional grátis baseado no Chrome. Alguns anos depois, eis que a ideia agrada a Google e a companhia anunciou uma injeção de verba para a expansão desse projeto.

Os valores não foram divulgados, mas analistas de mercado acreditam que a Gigante das Buscas tenha desembolsado algo em torno de US$ 6,5 milhões (quase R$ 25 milhões). “Com o suporte contínuo e aval da Google e outros investidores, estamos confiantes em nossa habilidade de trazer ao mercado um sistema operacional criado especificamente para organizações que estão entrando na era da computação em nuvem”, afirmou o CEO da Neverware, Andrew Bauer, ao Cision PR Newswire.

Neverware computadores antigos

Ou seja, a ideia da empresa é se aproximar de organizações que estão ficando para trás com suas tecnologias e reduzir o custo do gerenciamento de seus dispositivos para aumentar a produtividade e a segurança — sem necessariamente que haja comprar massiva de hardware.

Integração

Como o CloudReady é construído com a mesma tecnologia de código aberto que o Chrome as equipes de TI dos grupos interessados poderão aproveitar a integração com o ChromeEnterprise por meio do console de administração baseado na nuvem da Google, simplificando e unindo o gerenciamento remoto, mesmo dos mais distintos modelos de máquinas.

A Neverware iniciou sua caminhada em 2011 e desde 2015 vem levando o CloudReady para mais de mil colégios nos Estados Unidos e outros em 21 países, sempre com foco no reaproveitamento de equipamento que seria jogado no lixo.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Google investe na Neverware, que transforma CPUs antigos em Chromebooks