O Japão, normalmente sempre largando na frente quando falamos sobre tecnologias, pode lançar a própria criptomoeda em breve — e ela se chamará J-Coin. De acordo com o RT, as autoridades japonesas querem reduzir o fluxo de dinheiro em Tóquio, e a moeda digital ajudaria nesse trabalho.

Um porta-voz do banco Mizuho Financial Group comentou que "o projeto ainda está nos estágios iniciais, e que ainda serão realizadas reuniões com outras instituições. Mas isso será vinculado ao Iene e ainda esperamos o desenvolvimento de um app mobile para realizar pagamentos e transferências". De acordo com o relato, com a J-Coin estabelecida, os japoneses poderão realizar pagamentos de bens, itens e serviços diretamente do smartphone.

O Japão é um dos primeiros países no mundo a reconhecer que as criptomoedas são um método legal de pagamento

A ideia é que a J-Coin esteja circulando virtualmente no Japão até as Olimpíadas de 2020, que acontecem em Tóquio. O RT ainda comenta que a nova moeda é desenvolvida por um consórcio de bancos japoneses.

A meta do governo japonês, segundo o relato, também é cortar a dependência do dinheiro, que representa 70% das transações realizadas no Japão. Essa transição para a moeda digital também contará com a provável ajuda de outras gigantes, como a norte-americana Apple e a chinesa Alibaba.

Dessa maneira, o Japão é um dos primeiros países no mundo a reconhecer que as criptomoedas são um método legal de pagamento.

Cupons de desconto TecMundo: