A Acer acaba de provar que é possível construir uma máquina de configurações invejáveis e com placa de vídeo dedicada sem que seja preciso recorrer a ventoinhas e exaustores. Anunciado nesta quarta-feira (30) na conferência pré-IFA da marca, o Switch 7 Black Edition é um notebook 2-em-1 que dispensa os mecanismos ativos de dissipação de calor para manter seu peso e espessura dentro de especificações mínimas.

Mesmo parecendo humildão, o equipamento é realmente interessante e traz boas surpresas por dentro e por fora de sua carcaça em preto clássico. Para começar, temo uma tela IPS de 13,5 polegadas com resolução de 2256x1054 pixels. O display espaçoso ainda parece perfeito para artistas de plantão, já que possui suporte aos recursos do Windows Ink e ao uso da Acer Pen – uma caneta interativa com 4096 níveis de pressão.

De quebra, o computador portátil tem um suporte retrátil que o transforma rapidamente em uma prancheta. Dessa forma, o gadget pode simular, ainda que em pequena escala, os periféricos da família Cintiq, da Wacom, ou os dispositivos da linha Surface Pro, da Microsoft. Para garantir que tudo rode sem problemas na máquina – incluindo o bom e velho Photoshop –, a fabricante taiwanesa incluiu no pacote os processadores Intel Core i7 de 8ª geração.

A menina dos olhos do Acer Switch 7 Black Edition, porém, é a placa de vídeo GeForce MX150, da NVIDIA. Ok, ela não permite que você curta jogos pesados no máximo de sua qualidade, mas dá conta de rodar games mais leves e aplicações exigentes visualmente sem muitos problemas. O brinquedinho conta ainda com um leitor integrado de digitais, pesa pouco mais de 1,1 kg, deve custar cerca de US$ 1,7 mil lá fora e tem expectativa de chegar ao mercado norte-americano muito em breve, em meados de dezembro.

Cupons de desconto TecMundo: