O Meizu Pro 6 Plus veio com um chipset Exynos da Samung, mas o Pro 6s veio com um MediaTek Helio. O M6 Note, que foi lançado recentemente, vem com um Snapdragon. Achou confuso? Pois bem, a fabricante chinesa avisou que isso não vai mudar e que ela vai continuar usando os processadores das três marcas diferentes.

“Vamos continuar utilizando os SoC das três principais marcas em nossos dispositivos futuros: Samsung Exynos, Qualcomm Snapdragon e MediaTek. Cada um tem uma vantagem única e complementam nossos produtos diferentemente”, explicou um porta-voz da Meizu.

Chipsets para todos os gostos

A estratégia é eficiente do ponto de vista logístico: caso aconteça algum problema de abastecimento, a empresa não fica dependente de um único fornecedor e não corre o risco de ter que parar as linhas de três produtos diferentes por falta de um componente.

Cupons de desconto TecMundo: