A companhia taiwanesa HTC se tornou referência de ótimos aparelhos ao longo dos últimos anos, com lançamentos normalmente bem-avaliados por público e crítica. Entretanto, a situação da empresa está longe de ser tranquila, e mesmo uma retomada nas vendas graças ao U11 não é capaz de amenizar a crise.

E a situação é tão grave que a empresa estuda vender algumas de suas divisões, como aquela responsável pela fabricação do headset Vive, ou mesmo a companhia inteira, revelou recentemente a Bloomberg. E normalmente uma má situação financeira vem também de problemas na hora de comercializar produtos, o que parece também ser o problema da HTC.

Em casa, a companhia acaba de cair para a quinta posição na lista das empresas que mais vendem smartphones. Ela foi superada pela chinesa Oppo e também está atrás de sua principal rival local, a também taiwanesa Asus, que também passa por alguns problemas financeiros.

O lançamento do U11 resultou em aumento de receita para a HTC, mas a situação ainda está longe de ser tranquila

Segundo o DigiTimes, as dificuldades encontradas pela Asus foram as responsáveis pelo adiamento da chegada do novo ZenFone 4. Em suma, o tempo não vai muito bom para as duas companhias de Taiwan que figuram entre as maiores fabricantes de smartphones do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: