Segundo um levantamento realizado pelo site Zoom, plataforma que compara preços dos produtos, foi identificada uma queda no preço de eletrônicos, como smartphones, computadores e tablets, durante o primeiro semestre de 2017.

Um dos principais motivos para a redução repentina nos preços é o baixo índice de confiança do consumidor, causado pelo cenário de incerteza política e recessão econômica, que se reflete em esforços dos varejistas para melhorar os valores dos produtos, para tentar favorecer as vendas.

De modo geral, a categoria de tablets foi a que apresentou a maior desvalorização, registrando quedas de 31% nos preços, enquanto os dos smartphones caíram 26% e dos computadores, 24%.

Entre os smartphones, a maior queda de preço foi a do Samsung Galaxy J7 2016 Metal de 16 GB, que teve seu valor reduzido em 30%, chegando (entre os últimos seis meses) a R$ 686,43. O do Lenovo Vibe K6 de 32 GB está logo em seguida no ranking, com diminuição de 25%, junto com o do Galaxy S7 de 32 GB.

No primeiro semestre deste ano, os computadores também tiveram uma baixa de preço. Um exemplo é o do All in One Positivo Stilo, campeão na desvalorização, com queda de cerca de 32%. O modelo é seguido pelo All in One Samsung DP500A2L-KW1BR, cujo valor caiu em 21%.

Por último, os tablets também tiveram seus valores diminuídos. O Samsung Galaxy Tab E, por exemplo, liderou o ranking, com preços cerca de 21% mais baixos. Logo em seguida está o do tablet Multilaser Supra, que caiu 20%.

Nem tudo são flores

Está tudo muito lindo, mas calma! Apesar dos valores dos notebooks terem apresentado, no geral, uma queda de 35%, alguns modelos aumentaram de preço no período entre 1º de janeiro e 30 de julho de 2017.

Dois exemplos são os dos notebooks Samsung E34 e o Samsung X23 que aumentaram 42% e 35%, respectivamente, nos seis primeiros meses do ano. Esses dados levantam a questão: será que agora é uma boa hora para comprar seus eletrônicos?

Cupons de desconto TecMundo: