ZTE vai instalar duas 'salas de aula inteligentes' na cidade de São Paulo

1 min de leitura
Imagem de: ZTE vai instalar duas 'salas de aula inteligentes' na cidade de São Paulo
Fonte: zte-enterprise
Avatar do autor

A ZTE e a prefeitura da cidade de São Paulo assinaram hoje (27) um acordo que prevê a instalação de duas “salas de aula inteligentes” em escolhas públicas municipais. A empresa ficará responsável por instalar todo o equipamento e por fazer manutenção nesses produtos a fim de promover suas ferramentas de ensino interativo na cidade até o fim de 2020.

Toda a aparelhagem inclui projetores, câmeras, sensores, microfones, sistema de áudio e vídeo, servidores e scanners para digitalização de material impresso e projeção instantânea. Tudo isso será emprestado à prefeitura por contrato de comodato, que garante o uso irrestrito pela Secretaria de Educação de São Paulo, mas mantém toda a propriedade com a ZTE.

Não ficou especificado, porém o mais comum nesse tipo de negócio é que, no fim do contrato, a prefeitura possa decidir continuar com a companhia e começar a pagar por mais salas do tipo ou finalizar o período experimentação.

Possibilidades

Seja como for, os professores dessas duas salas de aula poderão utilizar lousas eletrônicas, gravar suas aulas e projetar conteúdo de livros direto nas telas do ambiente. O mesmo conteúdo em exibição nessas salas pode ser replicado em outros ambientes do tipo ou também em computadores conectados à rede.

“As salas de aula inteligentes já são realidade em muitos países, trazendo novas formas de aprendizado por meio da interatividade, conectividade e inovação. Estamos muito felizes em poder proporcionar essa experiência aos alunos de escolas públicas de São Paulo”, comentou o diretor de negócios da ZTE no Brasil, Fabio Fernandes.

O prefeito de São Paulo, João Dória, viajou à Shenzhen, na China, para assinar o acordo com o CEO da ZTE Brasil, Fu Yu. Ainda não há informações sobre as duas escolhas que receberão os equipamentos para teste.

Cupons de desconto TecMundo:

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
ZTE vai instalar duas 'salas de aula inteligentes' na cidade de São Paulo