A Lenovo, através de sua Artificial Intelligence Lab, apresentou quatro novos conceitos de produtos durante a Tech World Conference. A chinesa aproveitou a oportunidade para mostrar o que pretende fazer na área de gadgets inteligentes, produzidos com a ajuda de cem pesquisadores do mundo todo e que participam da iniciativa da empresa.

O primeiro produto é um headset de realidade aumentada, chamado “daystAR”, que vem equipado com duas lentes com 40 graus de campo de visão e mais uma série de sensores. O aparelho está sendo usado para ajudar no desenvolvimento de uma plataforma AR da Lenovo e consegue fazer o reconhecimento 3D de objetos, além de oferecer interação com VR e até mesmo a gestão de conteúdos em três dimensões.

Outro conceito revelado pela Lenovo é o SmartCast+, um projetor que também funciona como caixa de som e que tem um design bastante peculiar. A Lenovo explicou que a abordagem de design para esse produto foi que ele fosse destinado a um público mais novo e que tivesse propósitos educacionais, o que acaba explicando um pouco sobre o aspecto de brinquedo do acessório.

Por fim, a chinesa trouxe uma de suas propostas mais promissoras, que é uma assistente baseada em inteligência artificial – algo muito próximo do que é a Siri e a Alexa. Chamado CAVA, o software está sendo desenvolvido pela Lenovo com base no deep learning, o que vai permitir que a assistente consiga fazer o reconhecimento facial e tenha um entendimento inteligente sobre o comportamento do usuário.

O último produto apresentado pela empresa foi o Lenovo Smartvest, uma espécie de segunda pele inteligente que faz o papel de monitor cardíaco e consegue verificar a atividade cardíaca do usuário e prover feedbacks em tempo real através de um app sobre qualquer irregularidade.

Não há qualquer previsão sobre a fabricação definitiva dos produtos apresentados, mas a Lenovo deixou claro que os conceitos mostram que sua empreitada e investimento na área de pesquisa e desenvolvimento já estão gerando frutos.

Cupons de desconto TecMundo: