Tencent pretende criar um tipo de plataforma social. (Fonte da imagem: Reprodução/Bryanlyt)

O WhatsApp é o mensageiro mais popular da atualidade, bem se sabe. Já com 450 milhões de usuários ativos, o aplicativo recebe também a cada dia 1 milhão de novos cadastros. Mas a soberania do app hoje pertencente ao Facebook está sendo ameaçada. De acordo com informações veiculadas pelo site The Next Web, o WeChat está a poucos passos de tomar a dianteira.

O conhecido aplicativo desenvolvido pela Tencent já é preferência de 355 milhões de pessoas – quantia esta relativa à soma de contas registradas junto ao WeChat e Weixin (versão chinesa do app). Este número representa um aumento de 121% na taxa de usuários em comparação com o ano passado.

Apesar de não ter divulgado a quantidade exata de usuários ativos por região, a Tencent certamente está prestes a fazer estonteantes revelações. Na China, o Weixin é o mensageiro mais usado, sem dúvidas. No início deste mês, o aplicativo WeChat foi baixado mais de 100 milhões de vezes por dispositivos Android (via Google Play) – WP e iOS também rodam versões do app.

Grandes planos

Também conforme relatado pelo portal The Next Web, a Tencent pretende estender suas plataformas de comunicação “para apoiar um vasto portfólio de aplicativos associados, abrangendo atividades como jogos, entretenimento, informações e serviços públicos”. A ideia é fazer com que um tipo de plataforma social passe a existir – intenção esta bastante lógica se levados em conta os resultados que têm sido conquistados pelo WeChat.

Vale mencionar ainda que a Tencent pretende adicionar ao seu leque de serviços a exibição de vídeos neste ano – clipes estes que poderão ser assistidos inclusive através do WeChat. Ampliar a popularidade do mensageiro em terras internacionais é outro dos objetivos da empresa.

Cupons de desconto TecMundo: