Quando o Snapchat surgiu com a ideia de criar mensagens destrutivas a primeira dúvida das pessoas foi em relação ao uso do recurso de captura de imagens da tela. Para contornar esta situação, o Snapchat possui uma funcionalidade que notifica ao dono da mensagem se o recebedor usou o screenshot.

Agora, um novo aplicativo no mercado promete resolver de uma vez por todas com este problema. Trata-se do Privates, uma ferramenta de envio de mensagens que utiliza sistemas de criptografia e proteção para evitar qualquer tipo de invasão hacker.

Até aí tudo bem, o Telegran e a atualização do WhatsApp já garantem este tipo de segurança, porém, o Privates se destaca pelos três mecanismos que impedem a captura de tela. Você pode utilizar os três mecanismos ao mesmo tempo ou escolher apenas um deles.

  • Touch Security: Ao enviar a mensagem, foto ou vídeo, o receptor deve apertar diversas vezes em dois botões na tela para visualizar o conteúdo, inutilizando os dedos que realizariam a captura de tela.
  • Motion Security: Exige que o receptor segure o aparelho em uma posição exata utilizando o acelerômetro, o que pode dificultar a ativação do screenshot.
  • Camera Security: Para visualizar o conteúdo da mensagem, o receptor deve posicionar a câmera do aparelho em frente ao seu rosto para reconhecimento facial.

Essas três funcionalidades podem ser combinadas ao gosto do remetente, e se uma screenshot ainda assim for realizada, ele é informado imediatamente. O Privates já está disponível para iOS e tem versões Android e Windows Phone em desenvolvimento.

Cupons de desconto TecMundo: