Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte desenvolveram um dispositivo que promete revolucionar o mercado de memórias para computadores: o projeto, que une duas tecnologias, já vem chamando a atenção de investidores.

Atualmente, existem dois tipos de memórias para computadores. A memória RAM é considerada volátil, pois necessita de corrente elétrica para manter as informações armazenadas, ao contrário dos discos rígidos e da memórias flash.

No projeto dos estudantes de engenharia da computação, foi criado um componente que une as memórias, de forma a criar um novo tipo de dispositivo, unindo velocidade de processamento e a manutenção de dados sem a necessidade de energia.

O novo sistema tem como objetivo otimizar alguns processos: para ligar um computador, por exemplo, a resposta seria imediata, já que a memória não precisaria de energia elétrica para alcançar os dados, que atualmente ficam presentes no disco rígido.

O componente está sendo considerado inovador, já que, além de representar uma mudança nos sistemas de uso pessoal, o dispositivo pode trazer inúmeras vantagens para grandes empresas.

Os servidores da Google, por exemplo, têm altos gastos de energia, mesmo quando os níveis de acesso são baixos. Isso acontece pelo simples fato de que seus servidores não podem ser desligados. Caso a Google investisse neste novo componente, eles poderiam ter a energia elétrica cortada a qualquer momento, sem afetar sua memória principal.

Cupons de desconto TecMundo: