Samsung é a primeira a produzir memórias DDR3 de 30 nm

1 min de leitura
Imagem de: Samsung é a primeira a produzir memórias DDR3 de 30 nm
Avatar do autor

Depois de ultrapassar a HP em faturamento no último trimestre e, com isso, tornar-se a líder mundial em tecnologia, a empresa sul coreana Samsung anunciou o lançamento da primeira memória DDR3 de 30 nanômetros (nm). Ela consume 30% menos energia do que chips com a tecnologia de 50nm e promete ser ainda mais barata que as atuais.

A empresa estima que o consumo de um pente de memória DDR3 de 4GB em um notebook consuma cerca de 3 Watts de energia por hora, o que aumenta muito a autonomia da bateria. Além disso, a fabricação dos chips de 30 nm é 60% mais eficiente do que as técnicas de 50 e 60 nm, o que promete reduzir os preços das memórias com esta tecnologia.

A produção do novo modelo, no entanto, só deverá começar a ser produzido em larga escala somente a partir do segundo semestre. As empresas que fabricam computadores e notebooks, por sua vez, afirmam que utilizarão essa tecnologia em todos os seus produtos até o final de 2010.

Memórias mais baratas e com menos consumo de energia.

Categorias

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Samsung é a primeira a produzir memórias DDR3 de 30 nm