O universo das memórias RAM pode ser profundamente modificado nos próximos anos. A culpada por tudo isso é a HMC (Hybrid Memory Cube), um tipo de tecnologia que permitiria a criação de peças até 15 vezes melhores que as DDR3, atualmente dominantes no mercado.

O projeto é uma parceria entre a Samsung e a Micron, que já havia demonstrado interesse na fabricação, mas só agora oficializou a ideia. A HMC apresentaria uma eficiência de 70% por bit em consumo de energia, além de utilizar 90% menos espaço físico do que as memórias atuais. Desse modo, uma unidade híbrida seria equivalente a dez unidades de DDR3.

A arquitetura utilizada combina a tecnologia de armazenamento DRAM com uma camada lógica, fazendo com que mais dados fiquem armazenados por mais tempo. As empresas buscam novas parcerias para desenvolver a HMC com especificações livres. Se tudo der certo, a produção desse novo tipo de memória pode ter início em 2015.

Cupons de desconto TecMundo: