Memória na garrafa (Fonte da imagem: Hyun Jin-Park)

Guardar apenas vídeos e imagens é coisa do passado, ao menos se depender do designer Hyun Jin Park. O dispositivo conceito “memories in a bottle” permite armazenar toques e cheiros, tocando fundo naquelas sensações escondidas lá no cérebro.

O dispositivo possui o tamanho de um celular e funciona como uma garrafa. Com ele, você filma e fotografa as melhores partes do dia, como não deve deixar de ser. Inclusive, é possível compartilhar os dados com outros usuários através do Facebook ou de outras redes sociais.

Até aí tudo normal. O dispositivo se destaca, entretanto, quando você resolve guardar outras coisas. A tela sensível ao toque, por exemplo, é feita de biopartículas capazes de “gravar” um toque e reproduzi-los quando você bem entender.

Pressionando a parte superior da “garrafa”, o usuário recolhe também os cheiros do local, guardando tudo dentro do aparelho. Quando você quiser sentir o odor da maresia ou daquela comidinha feita no fogão a lenha da sua avó, basta liberar a cheiro e retornar para aquela situação na sua memória.

Assim como os vídeos e imagens, as sensações táteis e odores também podem ser transferidos entre aparelhos. Por enquanto, o “memories in a bottle” ainda é um conceito, portanto não está disponível no varejo.

Cupons de desconto TecMundo: