A Mozilla está preocupada com a quantidade de memória usada pelo seu navegador, afirmando que precisa reduzir este consumo excessivo. Para isso, a empresa anunciou um projeto chamado MemShrink, que consistirá em reuniões semanais para trazer novas ideias de como solucionar questões relacionadas aos bugs que “sugam” a memória do seu computador.

Segundo Johnny Stenback, desenvolvedor da Mozilla, “Nos últimos meses temos notado a urgência de ligar com o consumo crescente do Firefox. Desde que lançamentos a quarta versão, verificamos diversos relatórios quanto ao aumento no uso da memória se comparado a versões anteriores do navegador”.

De acordo com as informações do projeto na Wiki da Mozilla, a correção dos bugs mais reportados pelos usuários deve acontecer nas próximas semanas. Conforme as questões referentes aos bugs forem resolvidas, as reuniões serão realizadas a cada duas semanas ou mensalmente, de acordo com a necessidade.

Página do projeto na Wiki da Mozilla (Fonte da imagem: Reprodução/Mozilla)

A resolução dos bugs está relacionada ao que se espera dos softwares para dispositivos móveis. Quanto mais memória o software utilizar, menos ele se torna viável para aparelhos celulares e tablets, um mercado que deve crescer ainda mais nos próximos anos.

Cupons de desconto TecMundo: