Imagine a seguinte situação: uma bela manhã você está a caminho do trabalho e se depara com um guaxinim morto na calçada. O que você faria, desviaria do bicho e seguiria com a sua vida? Tentaria dar um fim no defunto? Ficaria com nojinho e faria de conta que não viu o coitado abandonado no chão? Pois os cidadãos de Toronto, no Canadá, sensibilizados com o falecimento do animal, se uniram na dor e inclusive organizaram um memorial para o bicho.

De acordo com Dovas do portal Bored Panda, tudo começou ontem, quando um transeunte encontrou o guaxinim e avisou as autoridades de Toronto através do Twitter sobre a desventura do infeliz. Veja a cena do incidente a seguir:

Toronto wildlife.

Uma foto publicada por Emily Taylor (@emilyjs5) em

As autoridades responderam à mensagem pouco tempo depois, explicando haviam sido notificadas da triste ocorrência, e que o órgão pertinente tinha sido avisado. Você pode conferir o tweet abaixo:

No entanto, após essa troca de avisos, as pessoas começaram a ficar comovidas com o falecimento do pobre guaxinim, e logo o cadáver começou a receber pequenas homenagens de cidadãos anônimos. Um deixou uma nota ao lado do corpo, desejando que o bichinho descansasse em paz — e avisando que a as autoridades estavam a caminho para recolhê-lo. Veja:

Raccoon update: he's still here. Someone has written him a card.

Uma foto publicada por Emily Taylor (@emilyjs5) em

Mas, as autoridades não vieram, e cerca de seis horas depois do primeiro tweet, pessoas já haviam depositado uma flor, um cartão e uma foto junto ao corpo do guaxinim. Não demorou até o morto ganhar a hashtag #DeadRaccoonTO! E, diante da mobilização, até um assessor do governo local se manifestou, pedindo que alguém fosse buscar o animal.

E a partir daí, entre cidadãos indignados com a demora das autoridades em solucionar a questão, e outros tantos que aproveitaram para ficar de zoeira, a história do guaxinim foi ganhando proporções enormes. Alguém depositou mais flores, e outra pessoa deixou uma caneta no local para quem desejasse deixar suas condolências:

Surpreendentemente, horas mais tarde o animal morto continuava na calçada — e as homenagens foram aumentando:

E, quando a noite caiu, os cidadãos começaram a deixar suas lixeiras abertas em tributo ao pobre bichinho:

Doze horas depois, com o guaxinim morto ainda estatelado na calçada, os cidadãos começaram a deixar velas acesas junto ao corpo:

E a escrever comoventes mensagens de despedida:

Deixaram até uma vela de sete dias junto ao bichinho!

E uma caixinha para doações — de forma que a cidade pudesse custear um enterro decente ao guaxinim:

Pois só após um total de 14 horas aguardando as autoridades, elas finalmente apareceram para levar o cadáver embora.

E colocaram o guaxinim em um saco de lixo, diante de alguns cidadãos silenciosos que faziam vigília no local. Confira:

Depois que o animal morto foi recolhido, algumas pessoas ainda acenderam mais velinhas em sua honra.

E não sabemos que fim levou o coitado do guaxinim. Mas, evidentemente, todos esperam que ele, finalmente, tenha descansado em paz. Entretanto, não pense que a história do bichinho chegou ao fim, pois ele já se transformou em meme, e uma porção de brincadeiras envolvendo a “celebridade morta” já está circulando pela internet!

Via Mega Curioso.

Cupons de desconto TecMundo: