Nas últimas semanas, o furacão Sandy virou notícia ao atingir a costa leste dos Estados Unidos, causando milhões em danos materiais, além de mais de 100 mortes. No meio de tudo isso, a modelo Nana Gouvêa, que mora em Nova York, postou algumas fotos que revoltaram muita gente.

As imagens mostravam a modelo em diversos cenários, como as ruas da Grande Maçã, com árvores caídas e toda a destruição causada pelo furacão. As fotos logo se tornaram piada na internet, graças às poses feitas nas imagens, com direito a um Tumblr apenas com imagens da modelo em desastres, em montagens feitas pelos internautas (clique aqui para visitar o site).

As fotos originais correram a internet e chamaram a atenção do grupo Anonymous, que considerou a atitude da modelo desrespeitosa para com os milhares de afetados pelo Sandy. Por causa disso, diversos dados de Gouvêa, como CPF, endereços e telefones, foram revelados na internet pelo grupo hacker.

A modelo se defendeu no seu Twitter e, agora, resolveu partir para o YouTube para mostrar a sua versão dos fatos.

Nana explica

No vídeo (que você pode ver acima), a modelo fala em inglês e explica que, a pedido de um jornalista do site Ego, tirou algumas fotos da cidade em meio à passagem do furacão Sandy em Nova York. Ela afirma que, em momento algum, tentou ser sensual nas imagens e que não recebeu um centavo para tirá-las.

Ela ainda explica a frase, que se tornou piada: “Eu amo passar por hurricanes com meu amor! É muito romântico e hoje vou abrir uma garrafa de vinho”. Gouvêa afirma que foi tudo um mal-entendido, já que apenas tinha falado ao jornalista que abriria um vinho com o marido, já que não poderia fazer mais nada.

Nana se desculpa pelo acontecido e por ter ofendido qualquer pessoa afetada pelo furacão, desejando tudo de melhor para os habitantes de Nova York.

O que você achou disso tudo? Ela estava errada nas fotos que tirou ou tudo acabou ganhando proporções absurdas, graças à internet? A explicação da modelo foi suficiente para você?

Cupons de desconto TecMundo: