(Fonte da imagem: Reprodução/Telegraph)

A justiça da Nova Zelândia tomou uma decisão favorável a Kim Dotcom, fundador do site Megaupload. Solto mediante fiança depois de passar um mês preso, Kim teve as suas contas bloqueadas e havia solicitado à justiça a liberação de parte dos seus rendimentos.

De acordo com a nova decisão, Dotcom receberá US$ 60 mil mensais para as suas despesas (cerca de R$ 89 mil), além de ter o direito de dirigir o seu automóvel Mercedes outra vez. No total, foram bloqueados pelo menos R$ 15,6 milhões em bens de Kim Dotcom.

Segundo o pedido solicitado pelo milionário, o dinheiro será destinado ao pagamento da babá dos seus três filhos, dos guarda-costas e demais funcionários da casa, além de despesas com telefone, luz e mantimentos. Kim Dotcom está proibido de usar a internet e, na porta de sua casa, uma placa solicita que os visitantes deixem do lado de fora qualquer tipo de aparelho eletrônico com conexão à web.

Cupons de desconto TecMundo: