(Fonte da imagem: Reprodução/Mega-Search)

Recentemente, o Mega passou por sua primeira inspeção, a qual resultou na remoção de uma série de arquivos. Agora, o serviço de hospedagem ganha um “aliado” que pode levar sérios problemas para Kim Dotcom. Trata-se do Mega-Search, um site de buscas que centraliza links de arquivos (em sua maioria, ilegais) compartilhados pelos cadastrados do Mega.

O Mega-Search funciona com a ajuda dos usuários do Mega, que fornecem seus arquivos com a chave secreta para que outros possam baixar os itens para o PC ou para uma conta Mega. Apesar de existirem alguns itens legais na lista de arquivos, a grande maioria é pirata. A busca no site é completa, sendo possível filtrar conteúdo, votar e verificar tamanho e outros detalhes.

Para tentar se isentar de qualquer responsabilidade, o Mega-Search coloca um botão na parte superior da página que dá acesso ao documento de copyright do Mega. Apesar de os dois sites “usarem” as mesmas políticas, tentando se livrar da culpa, nada vai impedir que os grandes estúdios (e gravadoras) processem os portais e removam os conteúdos.

(Fonte da imagem: Reprodução/Venture Beat)

Vale lembrar que Kim Dotcom lançou o Mega com a alegação de que este seria o serviço mais seguro e privado de todos os tempos. De fato, os códigos do site impedem a indexação dos arquivos por buscadores (nem mesmo a equipe do Mega sabe o que está em seus servidores), mas parece que o Mega-Search, em vez de ajudar, vai acabar com a folia dos piratas.

Cupons de desconto TecMundo: