(Fonte da imagem: Reprodução/MeeGo.com)

Antes de a Nokia anunciar a parceria com a Microsoft, ela tinha como principal esperança para o seu futuro o sistema operacional MeeGo. Embora a plataforma tenha sido abandonada rapidamente pela companhia finlandesa, alguns de seus ex-funcionários estão dispostos a revivê-la e provar que o seu desenvolvimento não foi em vão.

O plano da iniciativa Jolla é lançar smartphones baseados no sistema operacional defunto como forma de mostrar que ele não deveria ter sido trocado pelo Windows Phone. A iniciativa é chefiada por Marc Dillon, que trabalhou 11 anos na Nokia e foi o principal engenheiro responsável pelo desenvolvimento do MeeGo.

“A Nokia criou algo maravilhoso — o melhor produto para smartphones do mundo. Ele merece ser continuado, e faremos isso junto a pessoas inteligentes e talentosas que contribuirão para a história de sucesso do MeeGo”, afirmou a empresa em um comunicado enviado à imprensa.

Embora não haja previsão de quando os primeiros aparelhos da Jolla devem ser lançados, a companhia deixou claro que o trabalho com parceiros e investidores internacionais já foi iniciado. Em toda a história, somente um único smartphone com o sistema operacional foi lançado pela Nokia.

Fonte: CNET

Cupons de desconto TecMundo: