Cientistas da Case Western Reserve University, em Ohio, afirmaram ter conseguido usar dispositivos eletrônicos para permitir que um homem paralisado por uma lesão voltasse a controlar um de seus braços. No caso, os pesquisadores utilizaram um implante fixado ao cérebro do paciente que enviava sinais wireless ao membro em questão.

O feito marca a primeira vez que sinais coletados a partir do cérebro são usados para transmitir informações diretamente a eletrodos colocados em um braço. O projeto foi descrito na última terça-feira (20) durante uma reunião da Sociedade de Neurociência de Chicago e surge como uma solução para que pessoas com algum tipo de limitação possam voltar a realizar tarefas consideradas cotidianas.

Vale notar que os movimentos do paciente ainda não estão acontecendo de forma perfeita e sua coordenação é um pouco problemática. “Não é um movimento fluido como quando você está pegando uma xícara de café para beber”, afirma John Donoghue, um dos líderes do BrainGate, consórcio que desenvolve interfaces entre o cérebro e computadores. “Mas o fato é que eles fizeram uma pessoa controlar seu próprio corpo, estimulando músculos de formas específicas através de um pequeno mecanismo no cérebro, e isso é incrível”.

Cupons de desconto TecMundo: