A ideia da realização do primeiro transplante de cabeça em um ser humano tem maravilhado e chocado em igual medida. Entretanto, independentemente de resoluções éticas, é fato que o procedimento não será apenas pioneiro, mas também bastante oneroso. Entretanto, o doutor Sergio Canavero já tem uma ideia bastante clara de como levantar os US$ 13 milhões necessários para a cirurgia.

“Você pode escrever isso: pedirei a Bill Gates para patrocinar essa cirurgia”, disse Canavero em entrevista ao site Vice. “Em Annapolis [durante uma conferência em junho onde falará mais sobre a cirurgia], pedirei a Bill Gates, Mark Zuckerberg e outros que assinem um cheque para que isso possa acontecer.” O médico disse ainda que tem “pastas cheias” com os nomes de pessoas interessadas em se submeter ao transplante.

Um voluntário de 29 anos

A despeito do número de interessados, entretanto, o escolhido para o primeiro transplante de cabeça foi o russo Valery Spiridonov, de 29 anos, que sofre de uma doença degenerativa rara chamada Werdnig-Hoffma. De acordo com o médico, os impedimentos técnicos para o procedimento podem ser controlados desde 2013 — embora ainda existam sérios riscos de rejeição entre as partes.

A cirurgia determina um corte limpo na medula espinhal, com posterior religamento possibilitado por produtos químicos. A operação deve durar cerca de 36 horas, com assistência de 150 médicos. Segundo o Dr. Canavero, a intervenção deve ocorrer em algum momento de 2017.

Cupons de desconto TecMundo: