O sonho de voltar a andar para pessoas com lesões na coluna pode estar muito mais perto que o esperado. Cientistas franceses criaram um implante revolucionário, chamado e-Dura, capaz de transmitir sinais entre vértebras da coluna.

O projeto ainda está em um estágio inicial de desenvolvimento, mas já foi capaz de trazer de volta o movimento dos membros inferiores para ratos de laboratório. Você pode conferir no vídeo abaixo uma demonstração do estudo:

Mas o que é exatamente o e-Dura?

Criado pelos professores Stéphanie Lacour e Grégoire Courtine da instituição de pesquisa suíça École polytechnique fédérale de Lausanne, o implante é feito de um material elástico que pode ser esticado e até torcido, muito similar ao tecido da medula espinhal. Essas características são essenciais ao funcionamento, pois o contato e atrito com as vértebras desse material não causa inflamações e rejeição do corpo.

O e-Dura garante que estímulos químicos e elétricos sejam transmitidos pelo sistema nervoso, assim como aconteceria normalmente em nosso corpo. Pessoas que sofrem de paralisia e lesões na coluna têm essa comunicação interrompida em algum ponto do sistema nervoso. A solução pode ser mais simples do que utilizar meios externos para o funcionamento dos membros inferiores, como os exoesqueletos.

Ainda há um período de aperfeiçoamento até que possa ser utilizado em humanos, mas as expectativas são altas. A estimativa de duração deste implante em humanos é de dez anos, e as previsões apontam que futuramente ele também servirá para ajudar pacientes que sofrem de Parkinson, epilepsia e até para amenizar a dor.

Cupons de desconto TecMundo: