Em vez de dietas mirabolantes, exercícios físicos em excesso e outras técnicas de emagrecimento, o ouro é a nova aposta de quem precisa perder muitos quilos o mais rápido possível. Não, você não vai comprar algum equipamento caríssimo: o que será usado é o próprio elemento, cujas nanopartículas são capazes de derreter gordura.

Mas não é só esfregar uma barra de ouro na barriga e aguardar os resultados: o elemento é usado no procedimento de lipoaspiração. Apesar de ser uma cirurgia famosa, ela ainda é um pouco perigosa e tem efeitos colaterais. Isso porque ela envolve o corte de células de gordura e a aspiração desses fragmentos, só que a agulha utilizada para isso às vezes leva também tecidos conectores e nervos sem querer.

As nanopartículas de ouro são inofensivas e, quando inseridas nas células de gordura e expostas à luz infravermelha, são derretidas. Só aí acontece a aspiração — e a temperatura é baixa o suficiente para não afetar nervos e tecidos importantes para o corpo.

A ideia veio de uma start-up formada pelos irmãos Adah e Khalid Almutairi, um biomédico e um cirurgião plástico, respectivamente. Uma empresa já licencisou a tecnologia, batizada e NanoLipo, e atualmente realiza testes em animais para confirmar a efetividade do procedimento.

Cupons de desconto TecMundo: