Sempre que o seu dente é danificado, um dos métodos mais comuns a serem realizados é o da obturação, utilizada para cobrir a parte que está ausente. Mas este procedimento pode ser substituído futuramente através de uma nova técnica que está sendo estudada por cientistas, que visa a regeneração da dentina (tecido duro que forma a estrutura dentária) através da utilização de um raio laser.

Este estudo foi publicado recentemente no site Science Translational Medicine e foi realizado pelo Instituto Wyss da Harvard. O experimento foi iniciado partindo do princípio de que diversas partes do corpo humano reagem a estímulos de luz de diferentes frequências para realizar funções de regeneração.

O experimento

Utilizando um laser infravermelho apontado em um buraco feito no dente de um rato, os cientistas perceberam que as células que compõem a dentina eram estimuladas, fazendo com que a área danificada iniciasse um processo de preenchimento de um material sintético, funcionando de forma muito semelhante à obturação.

Os pesquisadores acreditam que este método, conhecido como terapia com luz de baixo nível, pode ter o grande potencial de ativar células de outras partes do corpo para produzir resultados semelhantes aos obtidos pelo experimento realizado. Porém, o grande foco agora da equipe é trabalhar para que a utilização deste método seja autorizada em dentes humanos.

Cupons de desconto TecMundo: