Uma equipe de pesquisadores revelou estar cada vez mais perto de uma tecnologia capaz de escanear o corpo humano e identificar moléculas independentemente, facilitando diagnósticos e evitando longas esperas por atendimento. A novidade utiliza raios T, uma tecnologia que já é usada em aeroportos, e nanoantenas que amplificam seu alcance.

De acordo com o grupo, que reúne estudiosos do Imperial College London e do Instituto de Pesquisa e Engenharia de Materiais de Cingapura, a tecnologia pode ser utilizada em uma grande gama de aparelhos médicos. A identificação de células cancerígenas pode ser feita de maneira 100 vezes mais precisa que os métodos atuais.

Um dos grandes problemas da tecnologia também foi solucionado pelos pesquisadores. Geradores de raios T necessitam de grande refrigeração e quantidades de energia, algo que foi resolvido pela utilização de nanoantenas, capazes de gerar sinal com um consumo ínfimo.

Cupons de desconto TecMundo: