(Fonte da imagem: Divulgação Universidade Tecnológica da Hollanda)

Não é por menos que as operações médicas no campo da oftalmologia são as mais temidas, afinal, a ideia de ter um doutor cutucando o seu globo ocular com uma agulha não é nada agradável. Pensando nisso, o estudante Thisjs Meenink, futuro PhD pela Universidade de Tecnologia da Holanda, projetou uma máquina que pode amenizar pelo menos parte desse medo.

Trata-se de um robô-cirurgião operado remotamente pelo médico, que pode estar em outra sala ou em outra cidade. O sistema possui um par de módulos de controles, sendo um principal e outro secundário, que tem a função de filtrar os movimentos provocados pelas mãos possivelmente trêmulas do médico e deixar a operação muito mais precisa.

Dessa forma, um movimento errado que poderia desviar a ferramenta por um centímetro seria traduzido em apenas um milímetro pela máquina. Além disso, o robô faz a automatização de alguns procedimentos repetitivos, permitindo que a mesma perfuração milimétrica seja utilizada varias vezes, eliminando a necessidade de furar o globo ocular repetidamente.

O estudante Thisj Meenink planeja lançar o robô de operações oftalmológicas como um produto comercial em breve, depois de apresentá-lo como tese de graduação ao doutorado nesse ano.

Cupons de desconto TecMundo: