Cientistas chineses do Centro de Pesquisa de Medicina Regenerativa do Hospital West China, na Universidade de Sichuan, anunciaram um verdadeiro marco no que toca à biotecnologia com células-tronco: a implementação de vasos sanguíneos 3D. Segundo a equipe, os enxertos de células estaminais 3D implantados em macacos foram capazes de promover uma regeneração do tecido vascular.

De acordo com a 3Ders, o sistema desenvolvido pelos chineses usa "biotinta de células estaminais preparadas a partir das células estaminais mesenquimais adiposas autólogas (ADSCs) dos macacos".

Os tecidos 3D implantados se uniram aos originais

Para tornar isso possível, a equipe de cientistas criou uma armação 3D de materiais biológicos que enxerta vasos sanguíneos naturais e são "virtualmente indistinguíveis dos órgãos naturais de um macaco". Ou seja, resumidamente, foi possível desenvolver e imprimir órgãos usáveis em algumas horas e com invasão mínima.

O líder da equipe de cientistas, o Dr. Y. James Kang Yujian disse que "os tecidos 3D implantados se uniram aos originais e cresceram juntos de maneira regular". Ainda, que isso é "algo sem precedentes".

Ao que parece, está chegando uma nova era na medicina mundial. O que você acha? Diga nos comentários.

  • As imagens abaixo podem ser fortes, então fica o alerta. Outro vídeo sobre o caso, mais completo, pode ser visto aqui.

Cupons de desconto TecMundo: