O colesterol não é exatamente danoso ao corpo humano, mas abusos na alimentação podem fazer com que ele seja um verdadeiro vilão para a nossa saúde. Se presente em excesso, pode se acumular nos vasos sanguíneos e, no pior dos casos, bloquear completamente a corrente sanguínea em determinados pontos.

Acabar com esses depósitos mortais do colesterol ruim é o objetivo de uma tecnologia conceitual criada na Rússia, a Cholesterol Removal Machine. De acordo com o cientista responsável pelo desenvolvimento da ideia, trata-se de um único dispositivo capaz de remover esses acúmulos de forma não cirúrgica e definitiva.

O dispositivo parece uma caneta minúscula e entraria na corrente sanguínea pela artéria femural. Usando câmeras e o próprio fluxo do corpo, ela chegaria até o local em que há depósitos de colesterol para começar o trabalho. Primeiro, a corrente do vaso sanguíneo é selada para que a substância removida não escape. Em seguida, uma lâmina começa a cortar o acúmulo, que é "absorvido" em cilindros que fazem parte do equipamento. Por conta de vasos de diferentes tamanhos e gordura com densidades variadas, quatro tipos de lâminas seriam criadas para servir a todos os casos.

Segundo o criador do conceito, um terço das mortes em todo o mundo é causada por doenças que têm, entre outras causas, depósitos de colesterol como agravantes. Essa tecnologia, que ainda não existe fora do papel, ajudaria a salvar milhões de vidas ao redor do planeta de um jeito fácil e acessível para médicos.

O que você acha da utilização de gadgets e apps na área da medicina? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: