Após lançar, em 2014, o primeiro SoC de oito núcleos,  a MediaTek agora inova ao trazer ao mundo o processador Tri-Cluster Helio X20, que é fabricado com processo de litografia de 20 nm.

De acordo com a fabricante, o desempenho deste novo componente supera todas as soluções atuais na economia de energia e atende à demanda de smartphones de ponta ao permitir o uso das aplicações multimídia mais avançadas.

A arquitetura do Helio X20 consiste em um cluster com 2 núcleos ARM Cortex A72, rodando com clock de 2,5 GHz para performances extremas, e dois clusters compostos por 4 ARM Cortex A53 cada, que operam na frequência de 2,0 GHz para cargas de processamento medianas e 1,4 GHz para atividades que não exigem muito desempenho.

Como a MediaTek informou em documento oficial, é basicamente como “adicionar mais marchas ao câmbio de um carro”. Essa divisão em 3 clusters proporciona mais eficiência alocada para as tarefas que são realizadas com ótima performance e maior duração para a bateria.

Falando em desempenho

A arquitetura da CPU Tri-Cluster é possível através da tecnologia de computação heterogênea do novo CorePilot® 3.0, que possibilita uma redução no consumo de energia  em até 30% em relação  à arquitetura convencional dual cluster.

Quanto aos resultados práticos, a MediaTek informa que o novo chip aumenta em 12% a performance sustentável de processamento em tarefas diárias e sobe para 15% seu desempenho de pico para tarefas pesadas.

O Corepilot® 3.0 é uma tecnologia que programa as tarefas de todas as CPUs e GPUs no SoC enquanto gerencia a energia e os efeitos térmicos para que a performance extrema possa ser alcançada gerando menor aquecimento.

Com base no longo histórico e experiência em multimídia da MediaTek, o Helio X20 suporta uma série de recursos avançados, incluindo:

  • Câmeras principais duplas com mecanismo de profundidade 3D embutido (suporte para câmera de até 32 MP);
  • Mecanismos  multiescala eliminadores de ruído para oferecer imagens de alta qualidade com detalhes (cores e nitidez) sem precedentes;
  • Tela com taxa de atualização de 120Hz, que rompe a barreira da atual taxa de 60Hz, para fornecer navegação nítida e responsiva;
  • Processador de sensor de baixa potência (ARM Cortex-M4) para apoiar diversos aplicativos que ficam permanentemente conectados;
  • Capacidade para trabalhar com vídeos 4K.

O Helio X20 também vem equipado com modem WorldMode LTE Categoria 6 da MediaTek com agregação de portadora, para atender aos requisitos das operadoras sem fio em todo o mundo. As primeiras amostras do Helio X20 serão disponibilizadas no 3º trimestre de 2015 e o componente deverá chegar aos smartphones até ao início de 2016.

Cupons de desconto TecMundo: