Estas crianças indianas chamam atenção ao responder cálculos matemáticos com bastante eficiência, sem o uso de calculadoras e executando movimentos estranhos que parecem alguma espécie de tique nervoso.

O que você pode não imaginar é que esses gestos esquisitos na verdade vêm de uma técnica que faz com que as crianças imaginem estar usando um ábaco imaginário.

A técnica, em seus estágios iniciais, envolve as crianças aprendendo a usar o soroban, um ábaco japonês, mas conforme crescem e dominam os números, o uso da ferramenta é abandonado, e todo o cálculo é feito mentalmente. As crianças gesticulam como se estivessem usando o ábaco apenas como auxílio.

Ábaco mental

O vídeo abaixo explica, com legendas em português, como funciona a técnica de cálculo mental baseada no soroban.

A ferramenta não parece ser difícil de improvisar e montar em casa, mas será que esse tipo de método funcionaria nas escolas brasileiras?

Cupons de desconto TecMundo: