O Facebook lançou recentemente na Índia o serviço “Free Basics”, que basicamente fornece acesso gratuito à rede social e a outros serviços básicos da internet sem cobrar nada. Contudo, o serviço está enfrentando críticas e processos judiciais no país pelo fato de atentar contra a neutralidade da rede. Em resposta a isso, Zuckerberg tenta comparar esses serviços básicos do Free Basics a bibliotecas públicas e hospitais.

Em um artigo publicado no periódico Times of India, Zuckerberg diz que, mesmo as bibliotecas públicas não podendo oferecer de graça todos os livros do mundo para as pessoas lerem, e o hospitais não conseguindo curar todas as doenças que existem, eles ainda oferecerem um “mundo de oportunidades”.

O que o criador do Facebook quer implicar com isso é que serviços de internet limitada, como o Free Basics, mesmo não oferecendo acesso à internet como um todo, podem trazer algo de bom para os usuários. É interessante notar, entretanto, que, com esse discurso, Zuckerberg quer dizer que a neutralidade da rede não importa em certos casos, ignorando os males que uma internet "capada" pode gerar.

Quem ganha?

Contudo, oferecendo acesso gratuito a apenas alguns serviços web — quase todos controlados pelo próprio Facebook — o único que ganha realmente com isso é a própria empresa deZuckerberg, que pode contabilizar milhões de acessos em suas plataformas e ganhar mais dinheiro com anúncios do que o investido no Free Basics.

A agência TRAI, equivalente indiana à nossa Anatel, está avaliando a legalidade do Free Basics na Índia e até ordenou ao parceiro comercial do Facebook — que oferece a estrutura de rede — que bloqueie o serviço até que uma decisão seja tomada.

O Free Basics ainda oferece a oportunidade para seus usuários se tornarem pagantes do serviço e terem acesso a toda a internet, mas parece que apenas 50% dos usuários fazem esse “upgrade” em até 30 dias.

Ou seja, metade das pessoas ainda continua presa aos serviços do Facebook por um bom tempo. Há também preocupações sobre isso gerar muito controle do Facebook sobre a internet na Índia, uma vez que outros sites podem pedir para entrarem no Free Basics, mas sempre sob o controle do Facebook.

Qual é a importância do princípio da Neutralidade da Rede para a Internet? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: