(Fonte da imagem: Reprodução/Wired)

Na semana passada — mais precisamente no dia 21 de agosto — Mark Zuckerberg anunciou que está com um novo projeto, chamado simplesmente de Internet.org. Em parceria com empresas como a Samsung e a Nokia, o criador do Facebook pretende levar o acesso à internet para todas as áreas que ainda não dispõem desse serviço no mundo, com foco em países ainda em desenvolvimento.

Contudo, diversas críticas foram feitas em relação a esse projeto, sendo que a mais chamativa é a afirmação de que a novidade é uma tentativa de aumentar a influência e os lucros do Facebook. Respondendo a isso em uma entrevista para o Wired, Zuckerberg afirmou que esse tipo de pensamento é uma “espécie de loucura”.

De acordo com o empresário, o Internet.org vai atingir pessoas que não têm um grande poder aquisitivo, de modo que o projeto não vai se mostrar lucrativo por um bom tempo. Além disso, a sua rede social já trabalha com as parcelas ricas do mundo todo, de modo que, se ele estive preocupado exclusivamente com dinheiro, o correto seria continuar trabalhando com o público que já está no seu site.

Levando facilidade a todos

Apesar de Zuckerberg afirmar que o foco é o benefício que a nova empreitada pode trazer ao mundo, sites como o The Verge afirmam que essa pode ser a jogada que vai renovar o Facebook — e fazer com que ele não caia no esquecimento, como já aconteceu com outras ferramentas digitais de contato social.

O motivo para isso é o fato de que o Facebook vai começar a ser utilizado por novas pessoas, ganhando influência e dinheiro em áreas já lucrativas, como a Europa. O próprio empresário afirmou que o Internet.org pode ser fundamental para o crescimento da sua rede social, mas falou sobre isso colocando em evidência os benefícios que ela traz, como o fácil acesso a informações importantes, como áreas de risco e cuidados médicos.

Independente do motivo que esteja fazendo com que o Internet.org crie corpo, é bom saber que mais pessoas podem entrar para o mundo online em breve, não é mesmo?

Cupons de desconto TecMundo: