Em 2004, o estudante de Harvard Mark Zuckerberg criou junto com alguns colegas uma plataforma chamada “The Facebook” que servia para conectar estudantes da universidade. No ano seguinte, a coisa começou a crescer demais e o agora executivo se viu obrigado a largar os estudos para se dedicar integralmente aos negócios. Agora, 12 anos depois de abandonar a faculdade, o criador da rede social mais popular do mundo voltou à instituição para receber o seu diploma.

A cerimônia de  graduação honorária ocorreu nesta quinta-feira (25). Após ser diplomado, Zuckerberg postou uma foto na qual aparece de beca e segurando a condecoração ao lado de seus pais Edward e Karen Zuckerberg. “Mãe, eu sempre te disse que voltaria para pegar o meu diploma”, escreveu.

Antes disso, na quarta-feira (23), Mark Zuckerberg havia postado em sua página do Facebook uma foto dele em visita ao dormitório de Harvard no qual ele criou o Facebook ao lado dos colegas Dustin Moskovitz, Andrew McCollum, Chris Hughes e Eduardo Saverin.

12 anos depois, o diploma

“Estou honrado em estar com vocês hoje porque, vamos ser sinceros, vocês conseguiram algo que eu nunca consegui”, brincou Zuckerberg ao iniciar o seu discurso para pais de alunos, funcionários e graduandos de 2017 de Harvard. Após uma longa fala sobre perseverança e todas as experiências ao longo desses 12 anos, o ex-aluno de Harvard fez votos de que os estudantes “encontrem a coragem para fazer de suas vidas uma benção” e parabenizou a todos os formandos pelo feito na “maior universidade do mundo.”

Apesar de demorar mais de uma década para acontecer, a graduação honorária de Zuckerberg levou pouquíssimo tempo se comparada com a de outro famoso ex-aluno de Harvard que trocou os estudos pelos negócios. Bill Gates, que abandonou a faculdade em 1975, recebeu a honraria apenas 32 anos depois, em 2007.

Cupons de desconto TecMundo: