Em tempos de crise, é sempre bom economizar naquilo que for possível, o que é algo que pode ser feito quando se trata de adquirir um computador ou melhorar uma máquina que precisa de configurações.

Embora muitas pessoas fiquem inseguras quando se fala nesse assunto, adquirir computadores usados ou recondicionados pode ser uma boa alternativa para economizar dinheiro e poder desfrutar de tecnologias melhores gastando menos, quando comparados aos preços de produtos novos. Porém, é preciso ficar de olho, pois pode haver chances de realizar um mau negócio.

O mercado de produtos de segunda mão é vasto, e tem crescido nos últimos anos. Com o constante avanço da tecnologia, muitas pessoas vivem em busca de hardware que sejam top de linha, os melhores do mercado, e trocam constantemente de computador, vendendo o hardware antigo, muitas vezes em boas condições, por preços baixos.

Esse tipo de produto pode ser encontrado facilmente em sites como o Mercado Livre, ou ainda em fóruns da internet. Vários fóruns contam com seções do tipo “Vendas de Usados”, nas quais podem ser encontrados bons negócios.

Mas esse mercado não existe apenas informalmente. Há empresas que são especializadas em venda de produtos usados. Estas empresas costumam até fornecer garantia sobre os produtos vendidos.

Alguns fabricantes de computadores vendem equipamentos recondicionados (chamados de “refurbished”). Estes equipamentos são produtos que por algum motivo voltaram para a empresa – os quais vão de defeitos a desistências de compra – e que foram testados e avaliados antes de voltarem para o mercado. Quase sempre estes produtos dispõem de garantia, a qual pode variar de 3 meses a 1 ano.

Logo da IBM

 

Um exemplo de empresa que realiza esse tipo de negócio é a IBM. Neste link você encontra produtos recondicionados, os quais podem ser desktops, monitores, notebooks, e até mesmo servidores. Há também a página do Outlet da empresa, onde são encontrados produtos recondicionados com 90 dias de garantia.

Atenção na hora de fazer negócio

Com tantas opções disponíveis para compra de produtos usados ou recondicionados, é preciso ficar atento para não acabar jogando dinheiro fora. Deve-se tomar cuidado para que o barato não acabe saindo caro, pois em casos de descuido, pode ser que você precise comprar outro computador antes do esperado.

Faça um bom negócio

Se você for realizar uma compra no mercado informal, seja com algum desconhecido pela internet, com algum vizinho ou parente, ou através de um anúncio de jornal, fique atento para quais são as configurações do computador que está sendo negociado.

Dependendo da finalidade para qual o computador será comprado, pode ser que o micro seja muito antigo e não dê conta do recado na hora de você utilizá-lo. Veja as tabelas abaixo com as configurações recomendadas para instalar e rodar sem problemas o Windows XP e o Windows Vista.
Tabela de hardware recomendado para rodar o Windows
Se a máquina que você está procurando é para ser utilizada para automação comercial, procure se informar a respeito do hardware recomendado para rodar o programa que será utilizado na automação. As configurações do computador deverão ser equivalentes ou superiores às citadas nas recomendações, para que não haja problemas na hora de instalar e rodar os programas desejados no computador.

Além de ficar atento às configurações da máquina, é interessante também que você saiba quanto tempo a máquina possui e se ela chegou a ser utilizada com overclock.

Preste atenção também nos periféricos do computador. Se possível, abra-o e faça uma breve avaliação do estado das peças internas. Barulhos muito estranhos também podem denunciar hardware defeituoso. O mais interessante seria levar o computador a uma pessoa especializada em computadores, caso este não seja o seu caso.

Por fim, confira alguns outros artigos que podem ajudar você a manter seu computador mais rápido e funcional por mais tempo:

 

Cupons de desconto TecMundo: