(Fonte da imagem: Reprodução/Intego)

Desde 2011, um malware vem incomodando bastante os usuários de computadores que utilizam o sistema operacional Mac OS X. Trata-se do Flashback, um trojan perigoso, que chegou a infectar mais 500 mil pessoas durante o pico de disseminação, no mesmo ano em que foi lançado. Mas ainda hoje, quase três anos após o surgimento do malware, há computadores infectados.

Segundo um estudo publicado pela Intego — uma empresa especializada em segurança digital —, ainda há mais de 22 mil Macs infectados pelo Flashback. O malware cria uma backdoor nos computadores atingidos, permitindo que hackers tenham acesso a praticamente todas as funções disponíveis nas máquinas. Isso inclui acessos a arquivos e também dados pessoais, como logins e senhas diversos.

Não há informações detalhadas sobre o prosseguimento das atividades referentes aos criadores do Flashback. O que se sabe é que os computadores prosseguem vulneráveis a ataques e isso pode causar problemas graves para os consumidores. 

Cupons de desconto TecMundo: