(Fonte da imagem: Reprodução/Tuned in Studios)

Nem mesmo as maiores empresas da internet estão seguras na rede. A Yahoo! sentiu isso na pele na última semana quando páginas hospedadas em servidores europeus foram hackeadas e utilizadas para distribuir um pacote de malware através do clique dos usuários em campos de advertising.

O sistema de propaganda por clique da empresa redirecionava os visitantes para uma página externa que instalava e rodava uma série de malwares nos computadores. Os servidores da Yahoo! foram infectados ainda no dia 30 de dezembro, e o problema foi solucionado – ao que tudo indica – apenas na última sexta-feira.

Cerca de 300 mil visitantes por hora colocaram seus computadores em risco por conta desse pacote de malware nas páginas da Yahoo!. A empresa de segurança Fox IT, da Holanda, estima que 9% desse total devem ter sido infectados, e o conselho é que todos os visitantes europeus realizem uma varredura em seus sistemas operacionais para verificar uma possível invasão.

A Yahoo! ainda investiga o ocorrido, mas informa que o ataque atingiu apenas usuários de PC na Europa e que visitantes da América do Norte, América Latina e Ásia não receberam o pacote de malware pelo seu sistema de advertising. Donos de aparelhos Mac e utilitários de equipamentos portáteis também não foram afetados.

Acredita-se que o malware se passou por uma propaganda normal pelo filtro do sistema da Yahoo!. A empresa informou ao jornal The Washington Post, neste domingo, que removeu o programa malicioso dos seus servidores e que continua monitorando e bloqueando qualquer propaganda com esse tipo de atividade.

Cupons de desconto TecMundo: