(Fonte da imagem: Reprodução/KasperskyLabs)

Esqueça ameaças como o Duqu e o Stuxnet. Esses vírus, cujo objetivo é infectar computadores militares e de grandes corporações, podem ter encontrado um concorrente à altura. De acordo com um especialista do Kaspersky Labs, um malware chamado Flame é o novo vilão da segurança digital.

Até 20 vezes mais complexo que malwares similares, o Flame é uma “caixa de ferramentas” que une características de trojans, worms e backdoors, criando um organismo virtual com um banco de dados potente e capaz de realizar várias tarefas espiãs em máquinas infectadas. O nome, dado pelo próprio Kaspersky Labs, vem do módulo principal de ataque do vírus.

Ainda segundo a companhia, os “poderes” dessa ameaça incluem monitoramento de rede, keylogging, captura de áudio ou de tela e envio de dados para o servidor que controla o malware. Ainda não há pistas sobre quem ou que governo estaria por trás da criação do malware, mas o objetivo principal é mesmo a coleta de informações institucionais

Possivelmente criado em 2010, o Flame já teria estrategicamente atingido mais de 400 PCs somente em países do Oriente Médio, como Irã, Israel, Síria, Líbano, Arábia Saudita e Egito.

Fonte: SecureList

Cupons de desconto TecMundo: