A terceira parte deste especial que fala sobre como é a experiência de trocar um Mac por um PC ou notebook com Windows vai falar sobre os desafios com relação aos softwares. Isso porque muitos programas essenciais para o dia a dia são diferentes em ambos os sistemas, e há aqueles que não têm versões tanto para Mac quanto para Windows, sendo necessário escolher um substituto.

(Se perdeu, leia também as partes 1 e 2).

 Não se pode ter tudo

A boa notícia é que o Windows oferece alternativas para a maioria dos softwares nativos da Apple. Por outro lado, não se pode esperar contar com exatamente os mesmos recursos e ferramentas dessas opções. Por exemplo, o Messages e o FaceTime são exclusivos entre dispositivos Apple, bem como o AirDrop (muito útil para compartilhar arquivos rapidamente, sem fios).

Como mensageiro, talvez a saída seja utilizar o Skype, que funciona em qualquer plataforma fixa e móvel. Já para armazenar arquivos em nuvem e poder baixá-los quando e onde desejar, o Dropbox é uma boa opção.

 Mas o iCloud continua funcionando

 Se você tem um montão de arquivos armazenados em seu iCloud, fique tranquilo: o serviço também funciona no Windows. Basta fazer o download do iCloud para Windows e administrar seus backups normalmente.

Outras opções de serviços de armazenamento em nuvem são o Microsoft OneDrive, que oferece 5GB gratuitos e cobra apenas dois dólares por mês para expandir esse espaço para 50GB; e o já mencionado Dropbox, que funciona em qualquer sistema operacional oferecendo 2GB gratuitos e cobrando 10 dólares mensais para que esse espaço seja aumentado para 2TB.

 Clientes de e-mail

No Mac, o cliente de e-mail padrão é o Mail, que pode também ser usado no Windows (mas com funcionalidades limitadas). Já o Microsoft Outlook, que faz parte do pacote Office, oferece uma imensidão de ferramentas e também pode ser acessado em um Mac por meio do Office for Mac.

Já quem não quiser gastar nenhum dinheiro para administrar seus e-mails, pode escolher o Mailbird, que pode ser controlado pelo teclado, mouse e pelo toque na tela.

 Calendários

O aplicativo de Calendário do Windows 10 é compatível com o iCloud - ou seja, todos os seus compromissos previamente agendados em seu Mac poderão ser transportados para o novo notebook.

Notas

Quem está acostumado a fazer anotações no Notes do Mac precisará se adaptar a outras opções, como o bom e velho Bloco de Notas. Mas quem quiser um software mais completo, pode contar com o Microsoft OneNote, que funciona em harmonia com versões para Mac, Android e iOS. Ou seja, é possível sincronizar uma mesma conta em diversos dispositivos, podendo salvar notas independentemente de qual aparelho estiver em uso.

Softwares de produtividade

No Mac, a melhor opção para editar arquivos de texto é o Pages, enquanto o Sheets é o mais adequado para trabalhar com planilhas. Já no Windows, é indiscutível que a melhor saída é contar com o Microsoft Office, que oferece os velhos conhecidos Word e Excel. Há quem utilize o Office no Mac, mas sua versão para Windows é muito mais completa.

Já quem não deseja investir dinheiro com esses softwares, pode escolher uma alternativa gratuita, como o LibreOffice, por exemplo. Ou, ainda, optar por trabalhar online contando com as vantagens do Google Drive, que permite criar, salvar, editar e baixar aquivos de texto, planilhas e slides 

Na quarta e última parte deste especial, falaremos sobre as dores de cabeça que usuários de iPhone e iPad acabam tendo quando decidem trocar seu Macbook por um notebook com Windows. Mas nem tudo está perdido: a boa notícia é que é possível sincronizar os dispositivos sem precisar trocar, também, de celular.

Cupons de desconto TecMundo: