Quando foram lançados, os smartphones Lumia 950 e Lumia 950 XL deveriam trazer novos ares para a linha de telefones da Microsoft. É bem verdade que eles impressionaram por causa de recursos como o Windows Hello e o Continuum, mas eles foram insuficientes para fazer a linha bombar e o Windows 10 Mobile crescer no mercado.

Mas e se os dois modelos fossem realmente diferentes do que temos no mercado, mais ou menos como um Surface que cabe na palma da sua mão? De acordo com o site Windows Central, a ideia original era mais ou menos essa — mas o conceito foi descartado pela Microsoft, e tudo que restou foi um vídeo promocional prouduzido pela marca e algumas imagens.

Para começar, os dois modelos teriam uma caneta Stylus para fazer desenhos e anotações mais rapidamente. Estavam nos planos também uma linha de Smart Covers, capinhas que deixariam parte do display livre para exibir o horário, por exemplo. A ideia, como mostra uma das fotos de material publicitário, é "deixar o seu laptop para trás".

Ele teria até um sensor que detecta quando você está segurando o telefone na mão, automaticamente ligando a tela e já exibindo algumas informações. O design é levemente diferente do que vimos no mercado, mas isso é explicado pelo site: essa versão é conceitual e alguns dos recursos até chegaram a ser desenvolvidos pela equipe, mas a Microsoft cortou várias das ideias meses antes do lançamento.

No fim das contas, apesar de bons recursos, os modelos Lumia 950 e 950 XL não se saíram como o esperado no mercado e foram alguns dos últimos smartphones da Microsoft antes da paralisação do segmento mobile. Será que um eventual Surface Phone resgata essas ideias?

Cupons de desconto TecMundo: