O Windows Phone é uma plataforma que vem chamando muito a atenção, ainda mais depois que a Microsoft adquiriu a Nokia e vem desenvolvendo seu próprio hardware.

O novo Microsoft Lumia 532 é uma das novas apostas da companhia para agradar o consumidor que busca um aparelho de entrada com bom desempenho.

Este modelo compacto vem para substituir o antigo Lumia 530, por isso algumas semelhanças são notáveis. Entretanto, para justificar o investimento no novo modelo, a Microsoft fez uma atualização no design do produto e ainda adicionou uma câmera frontal.

Além das mudanças no visual, a fabricante ainda apostou em algumas mudanças no hardware. O Lumia 532 tem mais memória RAM e espaço para armazenamento, o que deve posicioná-lo melhor frente aos concorrentes. Será que essas novidades fazem dele um bom aparelho para o dia a dia? Vamos conferir!

Especificações

Novo design da linha Lumia

Conforme comentamos, o grande diferencial do Lumia 532 está na carcaça. Para alinhar seus celulares mais simples com o design apresentado nos modelos mais robustos, a Microsoft resolveu dar alguns retoques no visual, conseguindo assim um espaço no mercado com o reconhecimento característico de seus dispositivos.

O design deste aparelho ficou realmente interessante. Ele está diferente de seu antecessor que vimos no ano passado, graças às curvas menos acentuadas e o uso de materiais diferenciados nas laterais e na tampa traseira. O nome da fabricante também fica evidente tanto na tampa e quanto na parte frontal.

Além de bonito, este celular tem boa pegada, evitando possíveis acidentes. Isso é possível graças ao visor, que não ocupa muito bem o espaço disponível — o que para muitos é um problema, aqui acaba ajudando na hora de jogar ou usar o aparelho na horizontal. Enfim, no geral, um aparelho bonito e de qualidade se levarmos em conta o preço reduzido.

Sistema e desempenho

Como era de se esperar, o Microsoft Lumia 532 vem com o Windows Phone 8.1. Já nos primeiros minutos de uso, o celular baixou uma pequena atualização com correções de bugs, mas nenhum recurso especial foi adicionado neste update.

Durante nossas verificações, o sistema rodou muito bem no Snapdragon 200, que gerencia bem a interface e os aplicativos que já vêm instalados. A navegação nos menus e a utilização dos apps é agradável, sendo que não notamos grandes problemas que impactem diretamente na experiência do usuário.

Ainda que o processador ajude, ao longo dos dias que aproveitamos o aparelho, percebemos que o aumento na memória RAM foi o que deixou o celular muito mais poderoso. A experiência de uso é satisfatória e você não deve ter problemas, nem mesmo com jogos mais pesados.

Falando nisso, o chipset da Qualcomm é perfeito na hora de trabalhar com processamento tridimensional. Nós rodamos jogos como GT Racing 2 e Asphalt 8 sem problemas. A GPU é a Adreno 302, a mesma do Lumia 535, então não tem do que reclamar.

A mudança no tamanho do espaço para armazenamento, que agora é de 8 gigabytes, também ajuda muito, já que dá pra instalar mais games e apps. É claro que boa parte desse espaço é usada pelo sistema e os softwares da Microsoft, mas ainda dá pra guardar muitos arquivos.

Telinha mais ou menos

Há telas diferentes para cada gosto e necessidade. Em questão de tamanho, não tem muito que falar, já que o Lumia 532 foca no consumidor que busca uma tela menor e que não faz questão de investir muito nesse aspecto. O tamanho não atrapalha muito na digitação, já que o sistema se adapta bem ao espaço disponível.

No geral, o display deste aparelho até que é bom, levando em conta questões como brilho, contraste e qualidade de imagem. O balanço de cores é razoável, entregando uma experiência satisfatória para o consumidor, contudo, este visor não é perfeito.

A resolução não é aquelas coisas e com certeza vai incomodar os consumidores mais exigentes. Entretanto, a resolução menor alivia um pouco a parte de processamento para o chip gráfico. Além desse probleminha de resolução baixa, o visor peca por conta da distorção de cores que acontece quando você observa o display de ângulos obtusos. Uma pena!

Câmeras

A câmera principal do Lumia 532 não mudou se comparada ao seu antecessor. Com sensor de 5 MP, ela faz fotos com boa resolução e qualidade suficiente para impressão. O balanço de brilho e contraste ajuda bastante, mas o que mais vem a calhar são as configurações manuais.

Para quem entende um pouquinho de fotografia, a câmera deste celular vai agradar muito. Você pode controlar tempo de abertura do obturador, o valor do ISO, o balanço de brancos, o ajuste de exposição e outros parâmetros que podem garantir imagens muito mais bonitas, basta saber configurar e planejar sua fotografia.

Apesar de se sair bem nas fotos, a história muda quando falamos em vídeos. O sensor captura bem as imagens em movimento, com boa regulagem de brilho, porém a resolução deixa muito a desejar. Infelizmente, esse aparelho só faz vídeos com qualidade 480p, o que não é muito legal considerando os padrões atuais.

O sensor até tem capacidade para registrar vídeos com maior qualidade, mas talvez o processador limita um pouco o funcionamento na hora de gravar os vídeos. De qualquer forma, não dá pra reclamar muito, considerando o valor do produto.

Apesar desse inconveniente na câmera traseira, o Lumia 532 é um smartphone que acaba agradando o consumidor que não quer investir muito num celular. Evoluindo um bocado, a Microsoft resolveu colocar uma câmera frontal neste aparelho. A qualidade é VGA, mas quebra um galho para quem é viciado em selfie.

Bateria e som

Um dos quesitos que os consumidores mais levam em conta atualmente é a questão da autonomia de bateria. Nesse aspecto, o Lumia 532 não é um modelo exemplar, mas também não faz feio. O componente energético de 1.560 mAh é razoável, durando perfeitamente durante um dia exaustivo de trabalho.

Para rodar vídeos através de uma rede WiFi (e com o brilho de tela no nível médio), ela dura quase cinco horas, o que é muito bom para um celular de entrada. O grande diferencial do produto, contudo, é a capacidade de manter o bom desempenho na hora de tocar músicas. A Microsoft afirma que a autonomia chega a mais de 60 horas.

Bom, nós ouvimos quase 12 horas de música e apenas 25% da bateria foi consumida. É um valor aceitável, já que em algumas situações nos ativamos a tela para mudar de música e fuça no sistema. No geral, você não vai precisar andar com um carregador na bolsa.

O som do Lumia 532 também não faz feio e apresenta qualidade suficiente para curtir músicas ou games. É claro que os alto-falantes não são perfeitos e dá pra perceber alguma distorção perto do nível máximo de volume. Ah, para quem ainda curte rádio, vale notar que este modelo é compatível com rádio FM, sendo necessário apenas plugar um fone de ouvido (que não vem com o aparelho).

Vale a pena?

No fim das contas, podemos dizer que a Microsoft fez um bom trabalho com o Lumia 532. Este celular é leve, bonito, compacto, tem uma configuração de hardware boa (com 1 GB de memória RAM, que ajuda muito na hora de rodar jogos) e uma câmera com ajustes manuais para fotos.

É claro que nem tudo é perfeito. A tela poderia ser muito melhor, assim como a câmera frontal, mas não dá pra reclamar considerando a proposta e o preço do produto. Vale considerar a compra do produto, ainda mais com a bateria que não faz feio e a possibilidade de usar dois chips — que é um recurso essencial para muitos consumidores.

Levando em conta o preço de aproximadamente 370 reais em lojas como a Cissa Magazine, não dá pra reclamar dos pequenos probleminhas de tela e do som mediano — no site da Microsoft, este modelo custa mais de 400 reais. Se você está pensando em entrar no mundo do Windows Phone e não quer gastar muito, este aparelho é uma ótima opção.

O smartphone Microsoft Lumia 532 Dual SIM pode ser adquirido na loja Cissa Magazine.

Cupons de desconto TecMundo: