Ubuntu irá trocar ambiente gráfico X11 pelo Wayland

Depois de prometer substituir o GNOME pela interface Unity na versão 11.04 Natty Narwhal, o diretor da Canonical, Mark Shuttleworth, anunciou em seu blog a utilização do ambiente gráfico Wayland – baseado em OpenGL – em substituição do atual X11. O motivo da troca é a dificuldade na obtenção dos gráficos e efeitos com transições suaves.

A passagem do Ubuntu do ambiente X11 para um ambiente inteiramente baseado no Wayland não tem data prevista para acontecer, porém a Canonical acredita que as primeiras versões da distribuição Linux contando com a nova plataforma visual possam aparecer já em 2011.

Antes de escolher o ambiente gráfico para o futuro do Ubuntu, várias opções – desde o servidor gráfico usado no Android até plataformas proprietárias que poderiam abrir seu código para fazer parte do Ubuntu – foram cogitadas.

A decisão final de apoiar o Wayland, entretanto, foi tomada ao perceber que a busca por uma outra solução não seria tão prática e econômica quanto auxiliar no desenvolvimento e correção de bugs do ambiente OpenGL.

Para manter a compatibilidade anterior, elementos do ambiente X11 serão conservados no Ubuntu até que o projeto Wayland possa ser considerado completo, outro evento sem data prevista para acontecer. Assim, mesmo em versões do Ubuntu baseadas no Wayland será possível executar tarefas e aplicativos utilizando ferramentas X11.

Além da tabela de tempo inexistente, Shuttleworth promete colaborar com desenvolvedores GNOME e KDE para adaptar as interfaces gráficas para o ambiente Wayland.

Cupons de desconto TecMundo: