Dia 29 de abril de 2010 vai ficar marcado na comunidade Linux. A Canonical, responsável por várias distribuições do Linux, liberou a versão final da mais nova versão do Ubuntu, a 10.04 LTS, também conhecida como Lucid Lynx.

A principal proposta deste novo sistema operacional é fazê-lo mais rápido e eficaz que o Ubuntu 9.10 Karmic Koala, mas com as facilidades e, principalmente, estabilidade do 8.04. A Canonical mostrou-se comprometida com as datas de lançamento desde a versão Alpha 1. Agora na versão final não foi diferente.

O Baixaki, fez uma análise completa desta nova versão lançada e traz todos os detalhes para esclarecer as dúvidas e não deixar o usuário indeciso na hora de trocar de sistema operacional. Ficou curioso? Então confira abaixo as principais novidades que esta versão traz até você!

Visão geral da nova versão

Mudanças confirmadas

Kernel e Gnome atualizados

Como prometido, a versão final do O Ubuntu Lucid Lynx conta com a versão 2.6.32-21 do Linux Kernel. As melhorias com relação à rapidez e estabilidade do sistema são nítidas, mesmo rodando o Ubuntu direatamente pelo Live CD.

A compatibilidade com o hardware também pode ser já na instalação do sistema. O  Ubuntu Lucid Lynx reconhece todos os componentes do computador sem problemas, instalando os drivers em sua versão mais atual diposnível.

Melhorias na parte gráfica são facilmente notadasPara fazer companhia ao Kernel, o Gnome também virá com uma versão melhorada do ambiente gráfico, a 2.30.0. Também nesse caso é possível notar melhorias no suporte visual às aplicações. Vários ícones padrões do sistema foram modificados e agora estão mais elegantes e atraentes, como foi o caso do Rhythmbox.

Embora não tenham prometido nenhum tema novo, que mudasse totalmente a aparência do sistema, os desenvolvedores inseriram algumas modificações na parte gráfica desta distribuição. Muitos boatos rolaram pela rede mundial de computadores dizendo que o  Ubuntu Lucid Lynx teria um tema que o deixaria parecido com o MacOS, não há nada parecido nas mudanças gráficas da nova versão.

Música legal no seu PC

Uma das maiores reclamações dos usuários que utilizam o Linux e o Windows é o fato de o sistema operacional do pinguim não trazer nenhuma aplicação que permite a compra online de músicas. Pois bem, agora o Ubuntu conta com o Ubuntu Music Store, uma loja online integrada ao próprio Rhythmbox, player padrão do sistema, que permite comprar músicas e salvá-las no seu computador. Além disso, é possível também ouvir trechos das canções antes de adquiri-las.

A grande novidade, no entanto, fica por conta da integração deste serviço com o UbuntuOne. Isso porque você poderá sincronizar as músicas que você comprou com todos os seus computadores e até mesmo com os amigos. Muito legal isso, você não acha? Vai dar para comprar a música e tê-la em todas as máquinas de casa sem precisar copiar e colar os arquivos de um lugar pro outro!

Rhythmbox agora tem sua própria store

Pitivi faz parte do pacote

O Gimp, editor de imagens mais conhecido do Linux, realmente deu adeus ao sistema do pinguim. Na versão final da distribuição Lucid Lynx os temores de muitos usuário foram confirmados e o Gimp não faz mais parte do pacote de aplicações padrões do Ubuntu. Em seu lugar entrou o Pitivi.

Muito usuários deve estar se perguntando qual a lógica em trocar um editor de imagens por um editor de vídeos. O que os desenvolvedores pensaram foi em deixar uma ferramenta mais simples para edição de imagens, o F-Spot, e colocar um bom editor de vídeo na lista de aplicativos pré-instalados do sistema. Como o Ubuntu é mais voltado para o público iniciante, o Gimp acaba sendo uma ferramenta de edição de imagens muito avançada.

Mesmo com toda a polêmica que essa troca causou na comunidade Linux, os desenvolvedores optaram em manter os planos e deixar o Gimp um pouco de lado, mas ele permanece na lista de aplicações da Central.

E o F-Spot garante seu lugar

F-Spot agora é editorFinalmente o F-Spot ganhou algumas das melhorias tão pedidas pelos usuários. Além de gerenciador de imagens o aplicativo agora também possui algumas funcionalidades para edição, como redimensionar e cortar uma foto, retirar os olhos vermelhos, modificar os efeitos de luz, entre outros.

Mesmo que muitos usuários tenham ficado chateados com a retirada do Gimp, foi justamente essa ação que levou os desenvolvedores do sistema a incrementarem o F-Spot.

Jogos, jogos, jogos...

Os jogos pré-instalados no Ubuntu também foram repensados, o que causou uma diminuição no número de games, mas também trouxe uma melhora significativa nas aplicações escolhidas.

Além dos famosos “Paciência AisleRiot” e do “Minas”, o Lucid Lynx traz de volta clássicos antigos como “Quadrapassel”, mais conhecido como “Tetris” e o jogo dos números, o “Soduku”.

Porém, a maior novidade fica mesmo por conta do “gbrainy”. Trata-se de uma coletânea de games de quebra-cabeças que prometem trazer muita diversão aos usuários, além de serem um forte treinamento para o cérebro humano.

Jogos novos e antigos reunidos

Boot e instalação “The Flash” e novo login

As novidades e melhorias da distribuição Lucid Lynx podem ser notadas já na hora de instalar o sistema. Todo o processo de instalação do Ubuntu 10.04 não leva mais do que 40 minutos dependendo do computador que o usuário estiver utilizando.

Além disso, o boot do Ubuntu está notavelmente mais rápido e leva apenas alguns segundos para que o usuário possa iniciar suas atividades no computador. Para que isso fosse possível as telas que indicam o carregamento do sistema, e também o login do usuário, foram modificadas de modo que ficassem mais leves.

Novas ferramentas pré-instaladas

A distribuição Lucid Lynx do Ubuntu embarca na onda das redes sociais e já traz em sua lista alguns aplicativos que facilitam a interação do usuário com a internet. Um bom exemplo é o Gwibber, um cliente para várias redes sociais, como Twitter, Facebook e Identi.ca.

A Central de Programas do Ubuntu

A reformulação da interface e de algumas opções da Central de Programas do Ubuntu também chama a atenção. Agora ela concentra não apenas instalação e remoção de aplicativos, mas também a atualização do sistema como um todo.

As categorias de aplicativos também foram revisadas e sofreram algumas modificações. Tudo isso foi feito pensando apenas em facilitar a vida dos usuários e tornar a tarefa de encontrar um programa bem mais simples. Por isso agora é possível encontrar subcategorias de aplicativos.

Central atualizada e mais elegante

Indicadores de sistema

O painel superior do Ubuntu sempre reuniu diversas informações a respeito do sistema em geral. A ideia para o Lucid Lynx foi unificar todos esses dados em uma nova, única e simples interface. Por meio dela é possível realizar mais rapidamente a troca entre os usuários do sistema. É possível também acessar o UbuntuOne e outras contas por meio desta interface.

De olho nos codecs

Que a instalação de codecs para rodar músicas e vídeos no Ubuntu não é uma tarefa fácil quase todos os usuários concordam. Isso mudou um pouco na versão 10.04 do sistema. Agora basta clicar em um botão que todos os codecs necessários para rodar arquivos de áudio e vídeo são automaticamente baixados e instalados.

Ao executar o Rhythmbox pela primeira vez o usuário se depara com uma mensagem avisando que os codecs necessários ainda não foram instalados e, logo abaixo, um botão que permite fazer o download de todas as dependências. Depois é só esperar até que tudo seja baixado e instalado. Fácil assim!

OpenOffice

OpenOffice atualizadoO Lucid Lynx traz em seu pacote de aplicativos para escritório o OpenOffice em sua versão mais atual, a 3.2. A maior novidade desta versão da suíte é a compatibilidade com os arquivos do Office 2007/2010, da Microsoft.

O OpenOffice 3.2 conta com os componentes básicos, como processador de texto, aplicativo para criação de planilhas eletrônicas e criador de apresentações.

Layout do teclado

O Ubuntu Lucid Lynx ficou mais inteligente no que diz respeito à troca de layout do teclado. Além de a tela de configurações ter sido melhorada, o sistema agora insere automaticamente o botão para troca de teclado no painel superior caso o usuário configure insira mais de um layout na lista.

Tudo bem, esta não é uma aplicação de importância elevada para o sistema, mas exemplifica o que vem sendo falado ao longo de toda esta análise: a preocupação dos desenvolvedores em tornar o sistema mais prático a amigável ao usuário iniciante.

Conclusões

Os fãs no Ubuntu certamente já atualizaram seus computadores para a nova versão do sistema. E não é para menos, o Lucid Lynx está notavelmente mais rápido e estável do que a última versão do Karmic Koala. Embora muito usuários não tenham gostado da subtituição do Gimp pelo Pitivi, foi justamente esta ação que tornou possível a melhoria do F-Spot. Isso sem falar que o Gimp continua presente na lista de aplicações da Central de Programas do Ubuntu.

Nos testes realizados para ver como o Ubuntu Lucid Lynx se saia ao ser executado pelo Live CD, algumas aplicações mais pesadas não foram executadas na tentativa de otimizar o uso do sistema. Embora isso seja uma vatagem no sentido do melhorar, e muito, a performance do sistem, é também uma desvantagem, pois o usuário não pode testar algumas ferramentas e, por consequência, não tem como saber se as novas funcionalidades agradam ou não.

As aplicações bloqueadas foram o Gwibber, cliente para redes sociais padrão do Ubuntu, e o UbuntuOne. É claro que tudo vai depender da máquina que está sendo utilizada para rodar o sistema e mais ainda da velocidade de rotação do drive de CD/DVD.

O Baixaki na nova versão do Ubuntu

Fora este pequeno impasse com a execução dos programas, o Ubuntu 10.04 LTS Lucid Lynx mostrou-se extremamente rápido, mesmo quando foi executado pelo Live CD. O que impressiona também é a estabilidade e autonomia da nova versão do sistema operacional. Vale a pena conferir este excelente sistema operacional e desfrutar de todas as facilidades e funcionalidades disponibilizadas.

E você, já testou o Ubuntu 10.04 LTS Lucid Lynx? O que achou? Não deixe de nos enviar uma opinião e compartilhar sua experiência com os demais usuários que acessam o Portal Baixaki.

Cupons de desconto TecMundo: