Você já está cansado de fazer faxina pela casa? Ter que passar um pano ou a vassoura no chão todos os dias, ir dormir e, no dia seguinte, ver que a poeira acumulou toda de novo? A LG compreende a sua angústia e apresentou um aspirador de pó que pode mudar a sua rotina — afinal, ele não é um eletrodoméstico comum, mas um robô que você programa para fazer uma faxina automática e completa.

O Hom-Bot LG não é um sonho e funciona de verdade. Você só precisa dominar os controles, deixar a sua casa preparada e aproveitar esse androide que é praticamente uma versão jurássica da androide Rosie, de "Os Jetsons".

Testamos o modelo VR6567, e as nossas impressões você confere no vídeo acima e no texto a seguir.

Conhecendo seu mais novo amigo

O Hom-Bot é composto de três partes. O robô em si, o controle remoto e a Home Station. No robô, sensores ultrassônicos e duas câmeras detectam a presença de objetos, pessoas ou obstáculos variados. As câmeras mapeiam piso e teto, reconhecendo a região, enquanto os sensores fazem com que o robô não bata em qualquer coisa.

Ele tem duas estruturas para limpeza. Escovas laterais puxam a sujeita para debaixo do robô e possuem um alcance maior que o corpo do aparelho, permitindo a limpeza de locais de difícil acesso. A escova principal parece um rolo compressor e atua junto com o sistema interno de sucção, que puxa as partículas para o compartimento interno, onde fica a sujeira. Ele é acessado quando se puxa a tampa superior do Hom-Bot e remove a caixinha, que só deve ser aberta perto da lixeira.

O controle remoto liga o robô, além de permitir a seleção dos modos de limpeza, do controle manual e do relógio. Ele é bastante completo, bastante intuitivo, e toda a configuração possível está lá. Já a home station serve só para que ele seja carregado, além de ter um espaço para o "descanso" do controle. O ideal é deixá-la ligada o tempo todo, já que o robô pode voltar para lá e ser carregado automaticamente ou enviado com um único botão do controle.

Como montar

Plugue a home station em uma tomada e ligue o dock. O robô vai começar a emitir seus primeiros sons assim que você pressionar “Power” no controle remoto.

Cheque a limpeza do coletor antes de começar e substitua o filtro ou limpe a escova, se precisar. Em seguida, é só levá-lo ao local desejado e começar a faxina. O robô começa a limpeza com um toque em “Start/Stop”, e um sinal sonoro indica que o procedimento começou.

Apertando o botão “Home”, o robô retorna automaticamente para o dock de recarga e inicia o carregamento automático. Em nossos testes, notamos que o Clean Master apresenta um pouco de dificuldade em achar a própria casa se estiver em outro cômodo ou se o local onde ela está é cheio de objetos e obstáculos. Por isso, escolha bem a tomada a ser usada. Se ele estiver no meio de uma limpeza programada e a bateria estiver no fim, ele faz o retorno para o dock sem a sua ordem. Aproximadamente 100% da carga é atingida em cerca de 3 horas.

Especificações técnicas

  • Dimensões: 340 x 340 x 89 mm
  • Peso: 3 kg
  • Consumo de energia: 58 W
  • Velocidade máxima: 350 mm/s
  • Tempo de uso: aproximadamente 100 minutos
  • Tempo de recarga: 3 horas

Modos de limpeza

São três modos básicos de limpeza. Em Zigue-zague, o robô limpa todo o cômodo em um movimento de um lado para o outro em linhas retas. Com Célula a Célula, ele divide o cômodo em vários segmentos e limpa um por vez, seguido do procedimento zigue-zague. Já o Espiral faz ele limpar em torno de si mesmo em círculos, que ficam cada vez maiores.

Há ainda o modo “My Space”, em que você programa um trajeto para que ele faça um caminho limitado e preciso, tudo para não fugir do local de limpeza.

Usando as setas direcionais do controle, você pode fazer o controle manual do robô, como se ele fosse um carrinho de controle remoto. Mas esse método é bem limitado, com comandos que reagem com atraso e não deixam você fazer uma curva e andar para frente ao mesmo tempo. Como a graça é justamente acionar a limpeza automática, só use esse método para limpar um ponto muito específico ou levá-lo a um cômodo distante da casa.

O design é elegante e o tamanho é ideal, com uma altura certa até para passar por baixo de alguns móveis. A estrutura não é lá das mais resistentes, mas nem precisa exagerar. Isso porque o Hom-Bot tem uma série de sensores que impedem pancadas em obstáculos como vasos, cadeiras e até pessoas. Com o tempo de uso em um mesmo cômodo, ele chega até a memorizar o ambiente para desviar mais facilmente e ficar sempre na área que você prioriza na limpeza.

O Clean Master é incrivelmente silencioso, mas também pode operar com o Turbo Mode. Ele é barulhento e gasta mais bateria, mas o serviço é garantido. Com ele ligado, o robô opera com o motor de sucção e os espanadores a uma velocidade maior, dando melhores resultados na faxina. Se você não quiser que ele atue a todo momento, fique tranquilo: o modo Turbo só é ativado automaticamente em carpetes, para que a limpeza seja sempre mais eficiente nesse tipo de piso.

Segurança em primeiro lugar

Antes de começar a faxina e para não ter surpresas desagradáveis quando chegar em casa, tome algumas precauções. Remova itens frágeis, como cerâmica e cabos de eletrônicos do chão ou de locais em que podem cair. Feche as portas dos cômodos que você não quer que sejam limpos e não deixe o robô em um cômodo sozinho com uma criança pequena. Todas essas recomendações estão no completo manual de instruções do aparelho.

Ah! E feche sempre a porta do compartimento de poeira antes de iniciar a faxina. Caso contrário, ele simplesmente vai jogar para o alto toda a sujeira que tirar do chão. E nunca se esqueça de limpar a escova inferior, já que ela costuma acumular pelos e fios. Um pente especial que vem na caixa pode ajudar você nesse trabalho.

Funções extras

É possível até ajustar o relógio interno dele e agendar um horário para a limpeza diária. Assim, nem é preciso programar a faxina antes de sair de casa.  Ele é tão inteligente que, se for tirado do lugar, ao ser recolocado no cômodo vai buscar na hora a localização anterior. Além disso, apertando o botão “Repeat”, o robô limpa incansavelmente até a bateria acabar.

Se você quiser a certeza de um serviço bem-feito, o Hom-Bot pode ser equipado com um pano de microfibra que é opcional e ajuda a tirar a poeira de algumas superfícies, além de dar um acabamento adicional ao serviço.

Já ao pressionar o botão “Analysis”, o Hom-Bot faz um diagnóstico de si mesmo para detectar problemas de funcionamento e avisa o dono pelo sistema de som. Aliás, a voz do robô é uma das maiores surpresas. Ele se comunica em um inglês claro e para falar qualquer coisa: quando o compartimento de sujeira está cheio, quando ele entra em contato com um objeto não identificado e até quando ele sente que você está muito próximo e não o deixa trabalhar. É meio assustador vê-lo assim, com vida própria, mas tudo bem. Você pode colocá-lo no mudo.

Vale a pena?

O Hom-Bot LG é um aspirador de pó em miniatura e automático que faz faxina no chão da sua casa de forma eficiente e automática. Ficamos positivamente surpresos com o desempenho do aparelho, que realmente deixa o chão livre de poeira, pedaços de papel, migalhas de comida, pelos e outras partículas.

Os sensores do robô funcionam de uma forma incrível, impedindo que ele bata em paredes, mas deixando a limpeza otimizada. Ele reconhece até degraus para que não caia de escadas! Quando entra em contato com pés, ele fica descontrolado e pode até subir em cima do seu calçado, mas leve em conta que ele é programado para ambientes vazios. Ele ainda é silencioso mesmo no modo Turbo, e a possibilidade de escolher entre várias formas de movimentação na faxina o torna ainda mais completo. O controle remoto é uma grande adição, pois é fácil de usar, e você programa tudo com poucos toques nos botões. Já o sistema de voz, mesmo em inglês, é uma grata surpresa e dá uma vida a mais ao robô.

Em resumo, trata-se de um aspirador de pó automático cheio de funções e bastante profissional. Por isso, o preço dele no mercado pode ser um pouco salgado para o quanto você está disposto a gastar. Se ainda assim você quer um produto do tipo, com funções mais básicas e um pouco mais em conta, dê uma olhada na linha de aspiradores da Roomba. Só que o Hom-Bot da LG é, sem dúvidas, um grande e surpreeendente passo para frente em direção ao futuro.

Você usaria um aspirador de pó como o LG Hom-Bot? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: