O smartphone LG G2 foi um marco entre os lançamentos da empresa sul-coreana. Com configurações robustas de hardware e inovações de software, o produto vem cumprindo a expectativa da LG de se posicionar como uma das grandes no mercado de celulares.

A boa notícia para o consumidor é que parte dessas inovações começa a migrar para outros aparelhos. O tablet LG G Pad 8.3 é um dos primeiros produtos a receber funções como ativação com dois toques na tela (Knock On) e os recursos Quick Memo e QSlide. As nossas impressões sobre o mais novo tablet da LG a desembarcar no mercado brasileiro são o que você confere nesta análise.

 

Testes de benchmark

Submetemos o tablet LG G Pad 8.3 a dois testes de benchmark: Vellamo Mobile Benchmark e AnTuTu Benchmark 4. Em ambos, comparamos o aparelho diretamente com os seguintes modelo: Samsung Galaxy Note 8.0, ASUS Nexus 7 (2013) e Sony Xperia Tablet Z.

No primeiro benchmark o LG G Pad 8.3 venceu na categoria Metal e ficou com a segunda posição na categoria HTML5, atrás do Xperia Tablet Z. Já no AnTuTu Benchmark 4 o LG G Pad 8.3 garantiu a primeira posição. Vale lembrar que os testes são apenas uma referência do potencial de processamento e da qualidade gráfica dos aparelhos.

 

Aprovado

Tela com resolução Full HD

Um dos primeiros pontos que chamam a atenção no LG G Pad 8.3 é a qualidade de sua tela. Com resolução de 1920x1200 pixels (Full HD), o que resulta numa densidade de pixels de 273 ppi, o tablet se mostra competente na exibição de fotos e vídeos de forma exuberante. As configurações de brilho, quando colocadas no máximo, ajudam a ressaltar esse aspecto de forma considerável.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

O formato de tela de 8,3 polegadas não é tão convencional no mercado, de forma que ele pode ser considerado um diferencial entre os aparelhos com Android. O resultado disso é uma tela mais bem adaptada para a exibição de filmes e conteúdos em widescreen.

Design de construção

Fino e elegante, o LG G Pad 8.3 não deixa nada a desejar no quesito design. A parte frontal exibe bordas finas, e as laterais curvas facilitam o encaixe do produto nas mãos. Na parte traseira há um acabamento em plástico nas partes superior e inferior. Já a parte central da traseira é construída em alumínio escovado.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Na parte superior do tablet é possível ter acesso à entrada para cartão micro SD. Vale lembrar que o modelo da LG não conta com versão compatível com 3G, por isso não há espaço para essa entrada – a tampa traseira não é removível. Por fim, destaque também para o posicionamento das caixas acústicas, na lateral da parte traseira. Essa característica evita que, ao usar o produto na posição vertical, suas mãos cubram as saídas de áudio.

Desempenho: eficiente para qualquer tarefa

O processador embarcado no LG G Pad 8.3 não é de última geração, afinal estamos falando do Qualcomm Snapdragon 600 de 1,7 GHz. Entretanto, o produto conta com 2 GB de RAM, o que torna o conjunto mais do que suficiente para rodar com tranquilidade os principais jogos disponíveis no Google Play.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Apps convencionais, como redes sociais, contas de email e acesso à internet, da mesma forma, podem ser executados com muita tranquilidade. Em nossos testes, nenhum aplicativo ou jogo apresentou travamento ou atraso no tempo de resposta. A interface adotada pela LG também se mostra adequada, e a transição entre telas e o consumo de memória ficam em níveis bastante satisfatórios.

Qualidade de som

O tablet LG G Pad 8.3 não vem acompanhado de fones de ouvido e, por conta disso, o usuário deve utilizar algum outro modelo que já possua em casa. Entretanto, a boa notícia para quem dispensa os fones é que a qualidade de áudio do aparelho da empresa sul-coreana é das melhores possíveis.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Na parte traseira estão localizadas duas saídas de áudio, ambas na lateral do verso do produto. O posicionamento permite que você assista a filmes e séries e jogue seus games preferidos sem a preocupação de que as mãos vão cobrir os alto-falantes.

Duração de bateria

Com 4.600 mAh de capacidade, certamente a bateria não é um item com o qual você vai precisar se preocupar muito no LG G Pad 8.3. Em nossos testes, foi possível passar o dia tranquilamente utilizando o aparelho de forma moderada, sem a necessidade de recarga. Na verdade, foi preciso mais do que um dia e meio de uso para que a bateria chegasse em níveis próximos a 10%.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

Já no caso de uma utilização mais excessiva, como para assistir a filmes em Full HD de forma contínua, em pouco menos de sete horas a bateria foi descarregada por completo. Entretanto, esses números o colocam dentro da média do mercado, se equiparando aos seus concorrentes.

Reprovado

Câmeras

Sabemos que em um tablet as exigências com relação a uma câmera são bem menores do que o consumidor espera de um smartphone. Entretanto, esperávamos um pouco mais de qualidade dos 5 megapixels de resolução disponibilizados na câmera traseira. O resultado das imagens capturadas é aceitável, porém basta uma análise mais cuidadosa para perceber um alto nível de ruído mesmo em fotos tiradas com boas condições de iluminação.

(Fonte da imagem: Tecmundo)

A câmera frontal, com resolução de 1,3 megapixel, é apenas funcional e não vai além disso. Para transmissões simples via chat, como no Skype, a câmera frontal é suficiente. Entretanto, para fotos um pouco mais elaboradas, tenha em mente que o tablet está longe de ser a melhor opção.

Vale a pena?

Entre todos os tablets com Android que já passaram pela redação do Tecmundo, podemos afirmar sem sombra de dúvidas que o LG G Pad 8.3 é um dos melhores que vimos por aqui. O tamanho de tela, de 8,3 polegadas, é bastante adequado tanto para a exibição de vídeos quanto para a leitura de livros e revistas. A qualidade do display é outro ponto positivo.

Com desempenho dentro da média para um processador que não é de última geração e design fino e elegante, o LG G Pad 8.3 incorpora ainda algumas tecnologias surgidas no smartphone LG G2, um dos maiores acertos da empresa no mercado mobile.

A nossa única ressalva é a câmera traseira, cuja resolução poderia ser um pouco melhor. Entretanto, como este não é um item fundamental em um tablet, é possível relevar o mau desempenho nesse quesito. Com preço de lançamento de R$ 1.099, o aparelho pode ser considerado a melhor opção de tablet Android na relação custo-benefício dentro da categoria de modelos com tela de 8 polegadas neste momento.

O tablet LG G Pad 8.3 foi cedido por empréstimo pela LG para a realizaçào desta análise.

Cupons de desconto TecMundo: