(Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Ao contrário do que muitos esperavam, parece que o smartphone Nexus 4 foi o último produto criado em parceria entre a Google e a LG. Segundo Kim Won, o vice-presidente europeu da LG Mobile, a empresa sul-coreana não possui interesse em produzir outros aparelhos para a linha Nexus por enquanto — pois estaria focando seus esforços em dispositivos que possam agregar mais valor à própria marca do que à Google.

O executivo disse que o Nexus 4 não agregou valor à LG, pois não apresentava as características que um smartphone da LG teria. Ele afirma ainda que a empresa possui planos de reduzir cada vez mais a dependência de outras empresas, pois o “oligopólio do mercado controlado pela Apple e pela Samsung não é nada saudável”. Há planos para fazer aparelhos mais “caseiros”.

Atualmente, a LG consegue produzir seus próprios displays, baterias e vários outros componentes utilizados na produção dos smartphones. A empresa também é responsável pela montagem de seus próprios processadores aplicados a televisores.  Isso não pode ser apenas adaptado para os portáteis, mas mesmo assim Kim afirma que em alguns anos exista a produção própria de chips para celulares.

Parecia só um indicativo, mas o executivo confirmou que a LG tem planos de produzir aparelhos com o Firefox OS. Também há grandes chances de serem realizados projetos em conjunto com outros sistemas operacionais portáteis de código livre. Isso poderia incluir o Ubuntu e também o Tizen — uma continuação do sistema operacional Bada, que foi abandonado recentemente. Além de tudo isso, é claro que a LG vai continuar produzindo dispositivos com Android.

Cupons de desconto TecMundo: