As telas curvadas ainda não dominaram o mundo, mas podem estar caminhando para isso. Antes de elas alcançarem a popularidade que têm agora, marcas como a LG brincaram com seus dispositivos de maneiras inusitadas, em resultados que dividiram opiniões. Quem não se lembra da linha G Flex? Para quem não sabe, ela utiliza plástico em vez de vidro para os displays OLED. Parece que a empresa sul-coreana, segundo apurou o ET News, está se preparando para levar as coisas a outro patamar.

De acordo com a fonte asiática, a empresa já teria começado a equipar uma de suas instalações com ferramentas para a produção da sexta geração de displays flexíveis em OLED, em quantidades massivas, e transferiu o projeto de celulares dobráveis do departamento de pesquisa para o de desenvolvimento. Além disso, já existiriam contratos assinados com a empresa canadense IGNIS Innovation, que seria responsável por fazer o circuito da tela flexível.

O CEO dessa empresa, na verdade, já cantou a bola numa entrevista concedida há pouco tempo. “As pessoas vão testemunhar smartphones dobráveis que podem se tornar tablets quando se espalharem dentro dos próximos anos”, afirmou. Outra fonte da indústria, ainda segundo o ET News, teria afirmado que os futuros painéis de LG com substrato plástico “podem ser dobrados por dentro e por fora”. Tudo entraria no forno no início do próximo ano.

A Mobile World Congress 2017, portanto, promete muito! Aguardemos a chegada do maior evento de tecnologia mobile do mundo. Enquanto isso, dê o seu parecer sobre o assunto na seção destinada aos comentários logo abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: