LG G3: tudo sobre o novo smartphone da LG em um superespecial

9 min de leitura
Imagem de: LG G3: tudo sobre o novo smartphone da LG em um superespecial
Avatar do autor

INTRODUÇÃO

A LG confirmou nesta terça-feira (27) o lançamento do seu mais novo smartphone top de linha. Com configurações robustas, o LG G3 foi apresentado à imprensa na cidade Londres, na Inglaterra, e certamente deve figurar entre os mais potentes disponíveis no mercado.

O TecMundo esteve presente na Terra da Rainha e traz agora em um layout superespecial todos os detalhes de mais esse lançamento. Além disso, tivemos a oportunidade de conferir de perto o aparelho durante alguns minutos e nesse artigo você conhece também as nossas primeiras impressões sobre o aparelho.

HARDWARE

DESIGN

O LG G2 chegou ao mercado com um visual imponente, cheio de características importantes para diferenciar o modelo da concorrência e catapultar a LG para o topo, entre os principais fabricantes de smartphones. A estratégia chocou um pouco a comunidade especializada por fugir completamente do esquema tradicional em que os botões ficam nas laterais do aparelho.

Contudo, o modelo deu certo e caiu no gosto do público. Logo, era de se esperar que a LG repetisse a estratégia no seu exemplar mais poderoso, trazendo os botões de força e volume na traseira do aparelho no LG G3.

O visual foi retrabalhado para garantir um design mais elegante e combinar com a carcaça traseira, que traz um visual de metal escovado em vez da superfície brilhosa do G2. Apesar disso, o material utilizado é o policarbonato, com uma pintura que lembra o metal.

A LG também fez um ótimo trabalho de aproveitamento de superfície nesse modelo. Enquanto a tela possui 5,5 polegadas, o tamanho total do aparelho não é exagerado; isso acontece porque o espaço foi muito bem utilizado no aparelho, fazendo com que quase toda a parte da frente fosse a tela, quase sem bordas dos lados e com bordas minúsculas em cima e embaixo.

Para provar isso a LG liberou um vídeo em que o único objetivo é mostrar a proporção da tela para a carcaça do G3, comparando-o com outros aparelhos de dimensões parecidas. A ideia é mostrar que um smartphone com tela de 5,5 polegadas é grande, mas não desajeitado nas mãos.

A parte traseira agora pode ser retirada, revelando uma bateria removível e um slot para cartão de memória.

O modelo terá diversas cores, entre elas preto-metálico, branco, dourado, roxo e vermelho.

TELA

O tamanho físico da tela não é a única novidade desse aparelho. A LG achou que Full HD não era suficiente para o seu smartphone mais poderoso e colocou um display Quad HD no G3. Mas o que isso significa?

A tela agora possui 1440x2560 pixels, o que resulta em uma definição de imagem de 534 pixels por polegada (ppi). Isso faz do LG G3 um dos smartphones com maior densidade de pontos na tela, o que sem dúvida deverá garantir uma qualidade de imagem muito grande.

Para conseguir essa façanha, a LG diminuiu o tamanho dos pixels presentes na tela em até 44%.

Além disso, essa manobra da LG deverá elevar ainda mais a qualidade de telas dos smartphones de alto padrão, o que passará a exigir um hardware cada vez mais poderoso — afinal de contas, renderizar imagens com essa definição é pesado até mesmo para alguns desktops que existem por aí. Outro fator é a energia: mais pixels na tela devem consumir mais energia para funcionar.

Contudo, segundo a LG, o sistema do smartphone é bem mais inteligente, e existem diversos processos que buscam otimizar ao máximo o consumo energético de todos os recursos do aparelho.

A tecnologia da tela capacitiva não poderia ser outra senão o IPS LCD com capacidade para 16 milhões de cores simultâneas. O vidro é o Gorilla Glass 3, última palavra em de proteção de displays como riscos e até mesmo batidas.

CPU E MEMÓRIA

Para dar conta de toda essa definição de imagem, a LG tratou de colocar um dos chipsets mais modernos que existem para smartphones hoje em dia. O Snapdragon 801 é um dos mais avançados produtos da Qualcomm e já está presente no Samsung Galaxy S5.

O Snapdragon 801 do G3 chega trazendo um processador Krait 400 quad-core com 2,5 GHz e um acelerador gráfico Adreno 330. O processador é o mesmo do S5, porém precisa desempenhar mais esforço para trabalhar com a tela QHD.

Contudo, a LG sai na frente da concorrente no quesito memória: o G3 traz 3 GB RAM, contra 2 GB do Galaxy S5 e 2 GB do LG G2. Isso deve ser mais que suficiente para garantir o bom rendimento do aparelho e da grande maioria dos aplicativos, que precisam de muita RAM para serem renderizados em resolução QHD.

O smartphone deverá ter pelo menos duas versões diferentes: um com 2 GB de memória e 16 GB de armazenamento e outro modelo com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

O verdadeiro poder do hardware LG G3 só poderá ser verificado na sua totalidade na nossa análise completa, assim que pudermos destrinchar todas as funções do smartphone.

CÂMERA

Ao olhar a parte traseira do G3 de perto, podemos ver pequenas diferenças na câmera do aparelho em relação ao G2. A principal delas é o recurso de estabilização ótica de imagens a laser, que deve ser utilizado para garantir mais profundidade de campo às fotografias e um foco mais que perfeito.

Segundo a LG, esse sistema deve assegurar mais precisão e velocidade no registro das imagens na memória do aparelho. Isso também deve fazer com que fotos em ambientes menos iluminados sejam melhores.

A velocidade de disparo é de impressionante 0,276 milissegundo, ou seja, praticamente um piscar de olhos. O sistema de foco também reduziu o número de movimentos necessários para as fotografias: antes era preciso tocar na tela para focar e depois tocar novamente para bater as fotos. Agora, um único toque foca e registra a imagem, quase instantaneamente.

Quer você goste ou não, os “selfies” são uma verdadeira tendência mundial, e as fabricantes estão investindo pesado nesse novo “mercado” fotográfico. Para entrar na onda, a LG incluiu no G3 um novo sistema de reconhecimento de gestos que registra automaticamente fotografias dependendo do modo como o usuário segura o smartphone.

BATERIA

A bateria do G3 tem uma capacidade de 3.000 mAh, mais que os 2.880 mAh do Galaxy S5 e a mesma de seu antecessor, o G2. A Qualcomm garantiu que fez melhorias importantes no sistema de gerenciamento de energia do Snapdragon 801 e que ele é capaz de fazer mais com menos em relação ao Snapdragon 800 — chipset que movimenta o LG G2.

O G3 também deve ter o seu próprio sistema de carga sem fio, e isso será feito através de uma espécie de dock que pode tanto carregar o celular em pé ou deitado.

Uma das mecânicas interessantes do novo smartphone é que, apesar de a tela ser Quad HD, o consumo de energia não é muito maior que o gasto energético de uma Full HD. A LG garante que todo o sistema e o hardware do aparelho são otimizados para a economia de energia.

ACESSÓRIOS

Para acompanhar o LG G3, a empresa tratou de criar todo um ecossistema de dispositivos. A frase utilizada durante a apresentação foi “Todo Batman precisa do seu Robin”, o que quer dizer que o G3 é mais bem aproveitado em parceria com os acessórios desenvolvidos para ele.

QUICK CIRCLE

Se você é como a maioria das pessoas, também deve gostar de colocar o seu smartphone dentro de capinhas personalizadas. A LG sabe disso e desenvolveu a Quick Circle, uma capa protetora que faz muito mais do que simplesmente proteger o seu aparelho contra quedas e arranhões.

A Quick Circle possui uma pequena janela circular na frente (daí o nome) e permite que seja visualizada uma série de informações sem que seja preciso ativar o aparelho. Por ali é possível acessar alguns aplicativos mais rapidamente, como câmera fotográfica e player de música, e até mesmo realizar chamadas telefônicas.

O Quick Circle pode fazer o G3 funcionar como se fossem dois aparelhos diferentes: um modelo mais simples com recursos básicos quando fechada, e o smartphone em seu potencial completo quando aberta.

A “capinha inteligente” chega ao mercado em várias cores diferentes, o que inclui branco, preto, dourado, azul-metálico e rosa-metálico.

LG G WATCH (COM ANDROID WEAR)

A LG também está entrando na onda dos relógios inteligentes com o G Watch. O dispositivo é um dos primeiros a chegar ao mercado com o Android Wear, o novo sistema operacional da Google desenvolvido especialmente para o mercado de equipamentos vestíveis.

O sistema oferece uma série de recursos desenvolvidos especialmente para esse tipo de dispositivo; e é claro que a área de fitness não poderia deixar de ser incluída. Utilizando o LG G Watch, é possível ver em tempo real a distância, a velocidade e o tempo que você percorreu, apenas carregando o relógio no pulso. Todos esses dados são combinados com o Google Maps para aprimorar ainda mais as informações.

Outra função do G Watch é o suporte ao Google Now, o que significa que você poderá dar comandos de voz para o aparelho para efetuar buscas da mesma forma que faz com o seu smartphone Android. Uma das possibilidades é ordenar que o relógio comece a tocar uma música enquanto você corre, por exemplo.

O design é discreto, algo importante em um relógio de pulso. A princípio, a LG vai oferecer o G Watch em duas cores diferentes: “Champagne Gold” e “Stealth Black” — o primeiro, preto com detalhes em dourado e pulseira branca; o segundo, todo preto, com bordas em metal.

Ainda não há data prevista de lançamento.

FONE DE OUVIDO TONE INFINIM

Para criar o Tone Infinim, a LG fechou uma parceria com a Harman Kardon, referência mundial em equipamentos de som. O fone de ouvidos Bluetooth possui uma qualidade de som incomparável e uma bateria que promete durar até 550 horas em espera ou 17 horas em uso.

SOFTWARE

NOVA OPTIMUS UI

A LG manteve a sua interface-padrão no G3, mas ela recebeu diversas melhorias em relação ao que pode ser visto no G2. Essas alterações servem para aprimorar ainda mais a interação dos usuários com o aparelho, além de garantir mais personalidade ao smartphone da LG.

A novidade é que agora tudo ficou muito mais simples. Toda a interface conta com objetos desenhados com cores chapadas, sem muitos efeitos especiais, sombras e texturas exageradas. Segundo a LG, a ideia é fazer com que tudo seja mais simples e mais fácil de usar.

TECLADO INTELIGENTE

Outro diferencial é o novo modelo de teclado criado pela LG. Segundo a empresa, as pessoas possuem mãos e dedos de tamanhos diferentes e por isso é importante ter teclados que possam se moldar ao toque. Para isso, agora o teclado do celular pode ser redimensionado para se adequar ao tamanho das mãos dos usuários.

Outra novidade é que o teclado também está mais inteligente: ele reconhece o padrão de digitação e aprende com você: quanto mais você usa, mais fácil fica. Desse modo, é possível diminuir o número de erros de digitação.

ASSISTENTE PESSOAL

A interface também está trazendo o Smart Notes, um software que funciona como um assistente pessoal inteligente. Ele também é baseado no comportamento do usuário, ou seja, aprende os seus hábitos e pode ficar cada vez mais esperto.

Um dos exemplos de utilização do sistema é o de lembretes: você recebeu uma ligação no início da manhã e não retornou? O Smart Notes manda um aviso.

Outro exemplo: hoje em dia é normal instalar muitos aplicativos no aparelho, muitos dos quais você até mesmo se esquece de usar. Caso você tenha programas assim, o sistema pode recomendar a desinstalação para liberar espaço e organizar os arquivos do sistema.

Além isso, os lembretes inteligentes do Smart Notes podem recomendar que você pegue um guarda-chuva antes de sair de casa em vez de simplesmente mostrar a previsão do tempo.

DISPONIBILIDADE

A LG deve lançar o G3 na Coreia do Sul na semana que vem, enquanto na Europa o smartphone deve chegar em junho. As datas de lançamento para os EUA e o Brasil ainda não foram definidas, assim como os preços dos modelos.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
LG G3: tudo sobre o novo smartphone da LG em um superespecial